home Blogs Eduardo Najjar
Voltar
08/10/13
O futuro da empresa de sua família
Para entender se a empresa de sua família tem chances de continuar sendo bem sucedida nas próximas décadas, é necessária uma análise mais profunda do que simplesmente levantamentos relacionados ao EBTDA, condições atuais e futuras do mercado em que atua e força da marca, o branding.
É necessário saber se a empresa é um projeto de negócios para a maior parte dos membros de sua família.

Senão vejamos: analisar uma empresa familiar significa dizer que há, em seu DNA, uma família empresária. O fundador, ou dono de uma empresa, é, com grandes chances de acerto, um empreendedor e um empresário.

Isso não significa que passará o comando para a próxima geração de sua família em condições razoáveis para que continue no mercado. Além dos indicadores econômico-financeiros,  foram criadas novas lideranças entre os familiares e existe vontade da família na continuidade da operação. Cada geração de uma família empresária deve ter o interesse pelos seus negócios, a vocação de manter a sua continuidade e transmiti-la à geração seguinte.

O ciclo de vida da primeira geração de criadores de uma empresa diz muito a respeito de suas condições de vir a se tornar uma empresa familiar.

Caso o fundador (fundadores) decida que seu sonho, seu empreendimento, será compartilhado com sua família, e esta aceitar, a decisão de vir a se tornar um negócio familiar recairá sobre as próximas gerações. 

Cada geração deverá referendar este compromisso. Terão êxito aquelas famílias que souberem se comunicar internamente e analisar as expectativas de seus membros, desenhando a forma de ligar as expectativas às metas empresariais, manutenção da empresa ao longo do tempo e outros indicadores empresariais. Na prática, na maior parte dos casos, em alguma fase da vida do negócio, o empreendedor visualiza o envolvimento de sua família, seja por uma reflexão sobre o futuro do negócio e da família, ou por necessidade de mão de obra para o empreendimento. 

Essa forma de envolvimento da nova geração familiar/do cônjuge no negócio pode causar choques de opinião. Quando isso acontece, a empresa deixa de ser o negócio de um empreendedor para converter-se na empresa em que a família está envolvida. Neste caso, o diagnóstico é a falta da comunicação do sonho empresarial do fundador à nova geração e o não planejamento empresarial familiar, que inclui o envolvimento da família. Voltando ao início deste artigo, não importando em que fase se encontram os negócios familiares e em que fase de desenvolvimento está sua família, será importante iniciar um processo de reflexão sobre os caminhos até agora trilhados e sobre o futuro dos negócios. 

Importante que exista abertura e bom senso por parte de todos ou da maioria dos membros da família para abordar aspectos nem sempre confortáveis e simples. Um ponto de partida que pode apoiar a criação desse ambiente de confiança e disponibilidade de condução do processo é o desejo do encaminhamento do patrimônio familiar face ao futuro das novas gerações.

Outra ação que pode propiciar a união das expectativas da família nesse caminho é a leitura de materiais – artigos, livros, publicações – a respeito do tema “negócios familiares”, a participação em eventos e cursos dedicados a famílias empresárias e a busca de aconselhamento com especialistas.
Os diferentes pontos de vista devem ser entendidos por todos os membros das famílias empresárias. O fundador é, quase sempre, uma pessoa muito solitária em suas tomadas de decisões a respeito do negócio. A maior parte dos familiares, quase sempre, não está suficientemente esclarecida a respeito do projeto dos negócio familiares. 

A comunicação dentro das famílias em geral e especialmente nas famílias empresárias não pode ser considerada um ponto alto.
A consideração do quadro traçado e o futuro da empresa da família podem se iniciar hoje mesmo. Cabe a decisão a você, a partir de uma reflexão confortável e bem sustentada, do ponto de vista técnico.

Artigo publicado na revista Diagnóstico n° 22.
Eduardo Najjar
Eduardo Najjar
Eduardo Najjar é expert brasileiro em Family Business. Consultor e palestrante associado da Empreenda, coordenador do GrandTour Family Business Internacional. É professor na ESPM e, além da Diagnóstico, é colunista do Blog do Management (Exame.com).

PUBLICIDADE

Blogs

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.