home Blogs Fábio Rossetto
Voltar
17/04/12
Redução de custos e vantagem competitiva

É inegável que a busca pela redução de custos ajuda as empresas a obterem uma vantagem competitiva. Isso se aplica a praticamente todas as empresas no mercado, inclusive aquelas que optam pela vantagem baseada na diferenciação.

 

Diante disso, é vital que o processo de acompanhamento, revisão e redução dos custos tenha que estar inserido na cultura da instituição e fazer parte da sua rotina. Esse inserção na cultura é essencial para se obter resultados satisfatórios.

 

Apesar dos atrativos de uma cultura de redução de custo, a prática é diferente da teoria, pois decidir por reduzir os custos envolve medidas que desagradam diferentes níveis da companhia.

 

Para atingir a redução de custos, existem diversos métodos que orientam as ações nesse sentido. Um deles se baseia na revisão dos principais grupos de despesas, o qual será abordado nesse artigo.

 

Antes de falarmos sobre os grupos, gostaria de salientar a importância de envolver os colaboradores nas discussões e na condução desses estudos. Os colaboradores são peças fundamentais no sucesso dos projetos de redução de custos e, em muitos casos, as ideias mais efetivas vêm das pessoas que estão lidando com os processos de forma rotineira. Este envolvimento cria sinergia, comprometimento e responsabilidade com o sucesso das ações.

 

Sabemos que cada instituição agrupa e analisa as despesas conforme sua cultura e característica. Para direcionamento da discussão, agrupamos as contas em cinco grandes grupos:

 

1.   GASTOS COM PESSOAL:

Conforme a publicação Observatório ANAHP (Ed. 3 2011), os gastos com pessoal representam 38,5% das despesas dos hospitais. Dentro deste grupo existem diversas análises que podem resultar em redução de custos. Aqui devemos rever os cálculos, questionando alguns pontos:

O que está sendo pago?

Como está sendo pago?

A quantidade de recursos condiz com a demanda atual?

 

2.   CONSUMO DE ESTOQUE:

Nesse grupo, as análises devem detalhar se os valores pagos pelos insumos seguem a média de mercado e se as quantidades estão condizentes com a realidade (demanda e estrutura) da instituição. Para realizar essa análise, existem diversas ferramentas para gestão e controle do consumo, estoque e inflação interna e constantemente devemos buscar métodos mais avançados no controle destes aspectos.

 

3.   UTILIDADES:

Grupo que exige um maior esforço das áreas de engenharia e telecomunicação. Aqui devemos entender e buscar as melhores alternativas no controle e gestão do consumo.

 

Aqui a procura por métodos de economia pode ser orientada com base na realização de benchmarking nas companhias onde os custos desse grupo representam a maior fatia das despesas, a exemplo de telemarketing, reciclagem etc.

 

4.   SERVIÇO DE TERCEIROS:

Com certeza é o grupo com a maior demanda de análise em processo de revisão dos custos. Um norte para o início dos trabalhos é a análise detalhada dos contratos, que deve obedecer padrões de criticidade, respondendo a todas as alternativas que demonstrem ser mais baratas com a mesma ou superior qualidade.

 

5.   DESPESAS FINANCEIRAS:

O 5º e último grupo corresponde aos gastos com as transações financeiras. Normalmente, encontramos neste grupo diversas despesas relacionadas à manutenção de diversas contas bancárias e ao pagamento de juros devido a atrasos na chegada das documentações e aprovações ao setor de contas a pagar.

 

As informações que foram apresentadas são orientações simples para o início dos trabalhos e análise dos custos que devem estar dentro de um projeto maior a ser conduzido e monitorado constantemente pelas instituições.

 

*Contribuição: Romeu Freitas e Rafael Gonzales.

Fábio Rossetto
Fábio Rossetto
Fabio Rossetto é sócio para atendimento às empresas do setor Life Science & Healthcare da Deloitte. O executivo é formado em economia pela PUC-Campinas e tem pós-graduação em Microeconomics of Competitiveness pela Fundação Getúlio Vargas e Harvard Business School e MBA em Gestão Empresarial pela FGV.

PUBLICIDADE

Blogs

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.