home Blogs Luiz Cervone
Voltar
23/09/13
A gestão eficiente no setor hospitalar
Recentemente, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou dado bastante expressivo: o Brasil ultrapassou a marca de 200 milhões de habitantes. Segundo o mesmo levantamento, a expectativa de vida do brasileiro hoje é de 74,8 anos e deve chegar a aproximadamente 80 anos em 2041. Isso quer dizer que a população está aumentando e vivendo mais, o que certamente se reflete no crescimento do volume de procura por atendimentos de saúde. E este panorama, consequentemente, vem ampliando a responsabilidade atribuída a nós, gestores hospitalares.

O desafio de uma gestão eficiente no setor hospitalar passa por fatores como a ampliação da oferta de serviços aos clientes, a formação de profissionais altamente qualificados e preparados para lidar com a vida de seres humanos, o alinhamento de padrões e técnicas eficientes de funcionamento e a implementação de técnicas de segurança ao paciente, entre outros. 

Atualmente, nos hospitais, as equipes médicas são parceiras muito importantes na gestão do atendimento aos pacientes. No Hospital Alvorada, adotamos uma série de medidas para o envolvimento das equipes nas reuniões sobre os indicadores hospitalares e na construção de protocolos e rotinas. Há treinamentos constantes de nossas lideranças para promover a melhoria das práticas de cuidado ao paciente, principalmente por meio de um relacionamento mobilizador. Outro ponto que merece destaque é a realização de levantamentos de dados para a construção de indicadores que possibilitam aprimorar o cuidado dos pacientes e a efetividade dos tratamentos. 

A busca contínua pelo aprimoramento e aperfeiçoamento é fundamental para a gestão hospitalar eficiente e, nesse contexto, os selos, conquistas ou acreditações são muito importantes, pois certificam as boas práticas. Em analogia, é como um profissional que, na busca pelo crescimento, procura aperfeiçoar-se em cursos de pós-graduação ou MBA.

Se um hospital é referência em determinada área, deve, obrigatoriamente, ter os melhores profissionais, as melhores técnicas e as melhores práticas à disposição de seus pacientes. O Hospital Alvorada recentemente conquistou a acreditação da Joint Commission International (JCI), mais importante órgão certificador dos serviços de instituições de saúde no mundo. O processo de avaliação da JCI é extremamente rigoroso e certifica o atendimento eficaz, de qualidade e segurança dado aos pacientes.

Para um hospital, cuja missão é prestar serviços de saúde com excelência, uma acreditação como a da JCI é um atributo muito valioso. Em um mercado competitivo como o de São Paulo, a ratificação do alto padrão de qualidade dos serviços certamente contribui para a confiança que pacientes e médicos depositam na instituição.

A administração hospitalar moderna baseia-se na transparência de dados e nos objetivos claros. O envolvimento, a integração e a homogeneidade de todos os colaboradores e do corpo clínico fazem com que o resultado seja extremamente satisfatório. E quem ganha com isso são os pacientes.
Luiz Cervone
Luiz Cervone
Luiz Cervone é diretor médico do Hospital Alvorada. Formado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, é especialista em Pediatria, assistente de Pediatria da Faculdade de Medicina da Santa Casa. Possui especialização em Administração Hospitalar pela FGV e MBA em Saúde pelo Ibmec.

PUBLICIDADE

Blogs

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.