home notícias Carreira
Voltar Voltar
16/12/11
Nove dicas para manter a equipe motivada
Compartilhar ideias e não economizar elogios são ações que devem ser estimuladas
Da redação

Uma equipe bem motivada pode fazer a diferença dentro da empresa. Atenta a essa realidade, a revista americana Inc divulgou uma espécie de manual de motivação dos funcionários para o executivo interessado em aperfeiçoar a sua capacidade de liderança. As informações são da “Época Negócios”.



Não basta uma boa remuneração. Atitudes e palavras também têm o seu lugar. Sempre que surgir uma oportunidade, o líder deve elogiar o trabalho do funcionário. Se o elogio vier de cima, diretamente de um executivo do alto escalão, como o presidente, melhor ainda, pois tende a causar um maior efeito, funcionando como um bom motivador. A publicação também sugere que o elogio seja feito na frente dos outros.

 

Melhor do que elogiar é não criticar duramente os funcionários, pois a ação funciona como um desmotivador. O líder precisa encontrar uma abordagem indireta para que os funcionários busquem aprender e melhorar com os próprios erros, ajustando o que não está certo. A dica da revista é perguntar “Qual foi a melhor forma que você encontrou para enfrentar esse problema? Por que não? O que poderia ter sido feito de diferente?” A intenção é dialogar e buscar soluções, sem apontar o dedo para os outros. 



Livrar-se dos gerentes pode ser uma boa ação, é o que diz a revista. Um grupo sem o supervisor ou líder de projeto costuma ser mais coesa, favorecendo o trabalho de equipe, ao invés de reforçar a ideia de que todos devem se reportar a uma só pessoa. A dica parte do pressuposto de que pior do que não satisfazer ao chefe é desapontar a uma equipe inteira, com todos os integrantes tendo o mesmo papel e, portanto, valor. A consequência é pontualidade no horário de trabalho e mais dedicação à produtividade e solução de problemas juntos.

 

 As idéias do líder também precisam ser assimiladas pela equipe. Ao invés de dizer aos subordinados o que devem fazer, é melhor explicar o que o executivo quer que seja feito, deixando espaço para sugestões dos funcionários, até que se chegue ao resultado final. Dessa forma, o trabalho será produto de toda a equipe, dando ao colaborador a sensação de ter contribuído para os avanços da empresa. Portanto, é interessante substituir o “Eu quero que seja feito assim” por “Você acha que é uma boa ideia se fizermos deste jeito?”.

 

A Inc também sugere que o executivo dê chance a todos de se tornarem líderes. Nesse caso, vale à pena chamar a atenção para os pontos fortes de cada membro da equipe, deixando claro que um profissional com essas características deve servir de exemplo para os outros.

 

Também é importante convidar um dos funcionários para almoçar pelo menos uma vez por semana. Essa pode ser uma forma de lembrar a todos que o chefe percebe e aprecia o trabalho dos subordinados. Outra motivação interessante é o reconhecimento, através de recompensas. O líder pode estimular a competição interna e acompanhar os resultados em um quadro à vista de todos, recompensando com premiações. As recompensas não precisam ser caras: um jantar, troféu, ou um dia no SPA podem funcionar muito bem.

 

Comemorações dentro da firma pode ser estimulante, uma vez que as atividades em grupo são uma forma de incentivo e de estreitar relações entre os funcionários. Não precisa ser uma ocasião muito formal ou ocasião especial. Piquenique, happy hours e festas de aniversário são bem-vindas igualmente.

 

Repartir as alegrias e comemorações é tão necessário, quanto dividir tristezas. Desta forma, quando o trabalho estiver no caminho certo, o funcionário fará de tudo para continuar na melhor direção. Se a situação não for das melhores, o colaborador se empenhará em solucionar o problema.  



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.