home notícias Carreira
Voltar Voltar
02/08/17
Educação cardiovascular nas escolas será ampliada com convênio entre a SBC e o Governo de SP
O projeto permitirá a realização de atividades diversificadas e descentralizadas voltadas à comunidade escolar e familiar
Da redação

Integrantes do SBC vai à Escola foram recebidos pelo secretário  de Educação do Estado de São Paulo, José Renato Nalini, na sede da secretaria, na Praça da República, em São Paulo. Eles firmaram um acordo de cooperação que deverá, em breve, resultar na assinatura de um convênio entre a Sociedade Brasileira de Cardiologia e o Governo do Estado. "A amplitude deste convênio será enorme e poderá ser replicada para outras unidades da Federação", conta o coordenador do SBC vai à Escola, José Francisco Kerr Saraiva.

Em 2015, foi assinado um decreto pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que instituiu o programa de alimentação saudável nas escolas. "O decreto era uma parceria informal direcionada apenas para a questão alimentar, que continuará existindo, mas será um dos braços do SBC vai à Escola", ressalta Saraiva que estava, na audiência, acompanhado da integrante do programa, Carla Lantieri, e do diretor de Comunicação da SBC, Celso Amodeo.

O convênio, a ser assinado, buscará atender ao decreto existente e ainda promoverá uma série de outras ações, como um maior conhecimento da prevenção de doenças cardiovasculares em crianças e adolescentes para que eles possam exercer um papel transformador em suas casas e na comunidade; treinamento em ressuscitação cardíaca para os alunos; apoio as atividades que promovam uma alimentação saudável não escolar, ou seja, aquela que acontece em casa e nas cantinas, entre outras. "Precisamos levar conhecimento sobre os fatores de risco para os jovens. Será muito mais produtivo conscientizar crianças e adolescentes do que no futuro tentar modificar os hábitos ruins que eles terão", defende Saraiva.

Para o coordenador do SBC vai à Escola, do ponto de vista prático, grupos de trabalhos vão ser estruturados, formado por integrantes da Sociedade Brasileira de Cardiologia e da Secretaria, para definir as atividades. "Haverá uma descentralização para capilarizar o SBC vai à Escola e cada unidade definirá, dentro do escopo, do projeto as ações que poderá realizar", completa Saraiva.



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.