home notícias Carreira
Voltar Voltar
27/08/14
Mercado desaquecido derruba venda de planos de saúde
Número de adesões de janeiro a março cresceu apenas 0,3%, em comparação com o trimestre anterior, e reduziu projeção anual de avanço das operadoras para 1,3%
Correio Braziliense

O desaquecimento do mercado de trabalho brasileiro atingiu a venda de planos de saúde no país. Nos últimos seis anos, as operadoras têm registrado os piores desempenhos e diante dos fracos números da economia não acreditam em uma retomada do fôlego no momento. As informações são do Correio Braziliense.

Se as contratações mantiverem o ritmo observado até aqui, o setor continuará desacelerando e, em dezembro, poderá chegar com o crescimento mais baixo desde a crise mundial de 2009. 

Inicialmente, a projeção das operadoras para 2014 era avançar 4%. Mas, nos primeiros três meses do ano o baque foi tão grande que a Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge) não espera mais do que 1,3% de alta. 

De acordo com dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), entre janeiro e março deste ano, 148 mil brasileiros aderiram a algum plano, variação de apenas 0,3% na comparação com o trimestre anterior.

O ritmo das vendas de planos de saúde caminha na mesma direção da dinâmica do mercado de trabalho, já que que 80% dos clientes são de planos coletivos, enquanto 20% do total correspondem a planos individuais. 

mesmo que os dados do segundo trimestre ainda tenham sido consolidados pela ANS, a expectativa do setor não é a das melhores, principalmente devido à Copa do Mundo, que, em geral, freou o apetite das empresas por contratações.

Na semana passada, o Ministério do Trabalho divulgou mais um dado preocupante para as operadoras: em julho, o país criou o menor número de vagas formais para o mês desde 1999. 

De acordo com o diretor executivo da Abramge, Antonio Carlos Abbatepaolo, se há queda no volume de contratações, a venda de planos de saúde também cai: essa associação é direta. "Do jeito que as coisas andam, é difícil imaginarmos algo diferente da desacelaração", disse.



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.