home notícias Carreira
Voltar Voltar
20/09/13
Pesquisa aponta quem são e quanto ganham os CEOs
Salários pagos aos executivos é 123% maior do que em 2004
Da Redação

Uma pesquisa realizada pelo Hay Group revelou quanto ganha e quem são o CEOs brasileiros. Segundo o levantamento, 98% dos executivos são homens e 62% têm mais de 51 anos. Foram ouvidos 4.324 pessoas de 322 empresas desde junho de 2012. As informações são da Exame.

A pesquisa desvendou o salário médio mensal de um presidente de empresa, cerca de R$ 90 mil e o bônus médio de R$ 845 mil. Ao longo do ano, esse valor chega a R$ 2 milhões, sem contar os incentivos a longo prazo.

O diretor do Hay Group, Leonardo Salgado, avalia que o CEO brasileiro é muito caro. "Para o mesmo perfil de profissional que aqui se paga em torno de US$ 1 milhão ao ano, nos Estados Unidos pagaria-se US$ 700 mil e na Europa € 700 mil. Eles têm a mesma ou melhor qualificação que os brasileiros e recebem 20, 30% a menos", comparou. 

Os atuais salários base, bônus e incentivos a longo prazo registram um crescimento no valor pago aos presidente de 123% em comparação ao ano de 2004. Descontada a inflação, o valor representa um aumento real de 40%.

Bônus - A variação do bônus dos executivos também foi um ponto abordado na pesquisa. Nos últimos cinco anos, a porcentagem em bônus paga aos CEOs saiu de 35% para 30% e, consequentemente, os incentivos de longo prazo sofreram acréscimos saindo de 8% para 19%.

Entre os setores que registraram bônus abaixo da meta esperada estão os serviços de saúde, que ficaram entre 61 a 70% abaixo da meta. O setor de comunicação e mídia ficou acima dos 80%, maior índice, e o de Engenharia e Construção Civil até 50%, menor índice.

O turnover, saída dos presidentes, que tinha crescido entre 2011 e 2012 para 19%, caiu para 16%. A relação entre presidentes contratados e promovidos também foi alterada. Em 2012, 58% dos novos presidentes foram contratados e 42% promovidos, este ano o índice ficou em 47% e 57%, respectivamente.

Em remuneração, o Centro Oeste ficou na liderança de crescimento com 33% e o Sul ficou com o menor aumento 1%. A região Nordeste registrou um número ainda pior ao reduzir a remuneração dos CEOs em 5%.



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.