home notícias Carreira
Voltar Voltar
16/01/12
Residência médica da DASA é homologada pelo MEC
Com carga horária de 60 horas semanais e duração de três anos, curso tem início previsto para o próximo mês de março
Da redação

O Ministério da Educação (MEC) homologou a residência médica em Patologia Clínica da DASA - maior empresa de medicina diagnóstica do Brasil -, realizada em parceria com a Universidade de Brasília (UnB). Com carga horária de 60 horas semanais e duração de três anos, o início do curso está previsto para o próximo mês de março, a princípio no Hospital Universitário de Brasília e terá duas vagas disponíveis por ano. “Atualmente esta é a única residência em Patologia Clínica disponível na região centro-oeste, além de ser uma das especialidades mais escassas para se cursar no Brasil”, afirma Adília Segura, coordenadora do curso e diretora médica da DASA no Distrito Federal.

 

Durante o primeiro ano, as aulas abrangem quatro áreas básicas: Clínica Médica, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia e Cirurgia Geral, bem como suas respectivas subespecialidades. Nos anos seguintes, nas instalações do Núcleo Técnico Operacional da DASA no Distrito Federal, serão abordadas as áreas básicas da Patologia Clínica: Bioquímica, Hormonologia, Imunologia, Hematologia e Microbiologia. E, no terceiro e último ano, serão abordadas áreas especificas e de excelência na DASA como: Biologia Molecular, Líquidos Corpóreos, Gestão e Controle de Infecção Hospitalar, em que o residente terá contato com os diferentes serviços laboratoriais da DASA no Brasil. Os alunos serão acompanhados pela equipe de médicos da DASA, bem como bioquímicos, biomédicos e técnicos.

 

Segundo a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML), a iniciativa da DASA é considerada um avanço para a especialidade a abertura dessa residência médica no Distrito Federal. “Vemos que a DASA tomou essa iniciativa por reconhecer a necessidade de haver mais patologistas clínicos no mercado. Houve uma redução de vagas para a especialidade devido à concentração dos laboratórios em grandes grupos, mas, agora, o próprio mercado reconhece que é preciso formar mais especialistas nessa área", afirma Paulo Azevedo, presidente da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML).

 

A atividade faz parte das atividades do Instituto de Ensino e Pesquisa Dasa, que tem como missão promover e executar atividades educacionais de pesquisa básica, aplicada e tecnológica. Sua visão é ser uma referência nacional e internacional nas áreas de ensino e pesquisa, aprimorando o conhecimento na área de Medicina Diagnóstica.

 

Com 50 anos de atuação em medicina diagnóstica, a DASA tem uma equipe médica composta por quase dois mil médicos, além de mais de 18 mil profissionais treinados para prestar atendimento aos clientes. Com mais de 500 unidades situadas em 13 estados brasileiros e no Distrito Federal, a empresa é pioneira em oferecer exames de análises clínicas e diagnósticos por imagem em um mesmo local. 



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.