home notícias Carreira
Voltar Voltar
05/04/12
Saiba o que fazer para não levar trabalho para casa
Buscar outras atividades após o trabalho, planejar a rotina e aprender a dizer não são algumas dicas de especialistas
Da redação

Para muitas pessoas, o fim do expediente não significa, na prática, o fim do trabalho. Quando o acumulo de demandas é intenso ou não existe um planejamento de tempo o trabalho vai parar em casa. Mas de quem é a culpa? Às vezes, a cultura da empresa é a verdadeira culpada pelo acúmulo de demandas. Porém, para a especialista em administração do tempo Andrea Piscitelli, o profissional é o grande responsável. “As pessoas têm dificuldade em dizer não, em negociar prazos e falha no planejamento”, explica. A dica dos especialistas é que a pessoas busque outras atividades após o trabalho e se foquem no planejamento. As informações são do Portal Exame.

 

A facilidade para se manter atualizado por meio do e-mail corporativo via smartphone ou tablet é outra razão que leva profissionais a criarem o hábito de checar o e-mail mesmo sem nenhuma exigência. “Ao ler um e-mail seu cérebro já retoma ao assunto trabalho, é preciso que as pessoas busquem ter um espaço desconectado”, afirma Alberto Ogata, presidente da Associação Brasileira de Qualidade de Vida (ABQV).

 

O primeiro passo para não levar trabalho para casa é planejar bem a rotina de trabalho. “O profissional tem que buscar antecipar situações e evitar prazos apertados. Ferramentas como agendas, aplicativos para smartphones podem auxiliar na organização da rotina para que a produtividade e o foco aumentem”, afirma Ogata.

 

Outra dica dos especialistas é aprender a dizer não e ter a capacidade de negociar prazos e investir em outras atividades que o motivem além do expediente. Praticar atividades esportivas, aprender uma nova habilidade ou se inscrever em cursos para investir em conhecimento são algumas dicas citadas por Ogata. “Quando você tem um curso às 20h, você passa a se programar no trabalho, pois tem que cumprir um compromisso”, diz Andrea.

 

Fazer pausas ao longo do dia também é importante. “As pessoas não conseguem desacelerar e é preciso que, em algum momento, você pule fora do ‘trem’”, afirma Ogata. Durante o expediente, o nível de estresse é muito elevado e, por isso, é importante que o profissional faça pequenas pausas para melhorar a concentração.

 

Por fim, o conselho é “desconecte-se”. Checar o e-mail corporativo de casa? Às vezes é exigência da empresa, mas se não é, a recomendação é que o profissional encontre um espaço em que não haja sinal de internet para que esta atitude não vire um hábito. Para Ogata, uma vez checando a caixa de entrada, o profissional não conseguirá deixar de ler. Uma vez lendo, ficará tentado a solucionar a questão e retornará ao trabalho. 



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.