home notícias Gestão
Voltar Voltar
13/08/13
Aumenta aprovação de contratação de médicos estrangeiros
Pesquisa Datafolha mostra que 54% são favoráveis ao projeto de trazer médicos para trabalhar em regiões carentes de profissionais
Estado de S. Paulo

São Paulo - Aumentou a aprovação de brasileiros que aprovam a contratação de médicos estrangeiros no Brasil, uma das medidas previstas pelo programa Mais Médicos. De acordo com a pesquisa do Datafolha realizada entre quarta e sexta-feira (09), 54% dos entrevistados são favoráveis ao projeto do governo federal de trazer médicos para trabalhar em regiões onde faltam profissionais de saúde.

No levantamento anterior, realizado no fim de junho, o índice de aprovação era de 47%. Na ocasião, 48% dos entrevistados eram contrários ao projeto - agora, esse porcentual caiu para 40%. O Datafolha fez 2.615 entrevistas em 160 cidades do País. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para cima ou para baixo.

Após a primeira fase do programa, que se destinava a médicos formados no Brasil ou que já têm autorização para atuar no País, ter atendido apenas 6% da demanda dos municípios, foram abertas as inscrições para médicos que atuam no exterior.

Segundo um balanço do Ministério da Saúde divulgado sábado (11), 521 médicos estrangeiros e 194 brasileiros formados no exterior foram selecionados para atuar no programa Mais Médicos, totalizando 715 profissionais com diploma de fora do país.

Há médicos estrangeiros de 49 nacionalidades, mas a maioria vem da Espanha, Portugal e Argentina. O levantamento mostra que o grupo teve mais interesse de trabalhar em regiões menos necessitadas e deixou em última opção justamente as áreas mais carentes.

Dados apontam que 204 das vagas escolhidas pelos profissionais formados no exterior estão na região Sul, 162 no Sudeste, 153 no Nordeste, 137 no Norte e 59 no Centro-Oeste. O ministério diz que a maior parte das cidades está em áreas de fronteira, e atribui o maior interesse pela região ao fato de muitos serem argentinos. 

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, disse em nota que, em um mês, um grande número de brasileiros e estrangeiros foram mobilizados. "Esse é apenas o início do programa, o processo continua aberto e usaremos de todas as estratégias para suprir as mais de 15 mil vagas apontadas pelos municípios?", disse.

Já os médicos formados no Brasil que não tinham homologado sua participação no programa tiveram uma segunda chance para confirmar o interesse. Ao todo, 367 optaram, novamente, por 192 cidades.

Agora, esses médicos têm até hoje (13) para confirmar o interesse na vaga e homologar a inscrição. Através do Mais Médicos, eles poderão atuar no país por tempo determinado (até três anos) sem fazer a revalidação do diploma de Medicina, o que é duramente criticado pelas entidades médicas e escolas de Medicina. 

*As informações são do Estado de São Paulo.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.