home notícias Gestão
Voltar Voltar
06/12/11
Boas Práticas: Sabin mantém 90% dos funcionários satisfeitos
As ações e estratégias adotadas pelo laboratório para garantir a motivação de sua equipe
Mara Rocha

O Laboratório Sabin, com 69 unidades distribuídas pelo Distrito Federal, Goiás e Bahia, entrou, pelo sétimo ano consecutivo, para a seleta lista das “Melhores Empresas para Você Trabalhar”, do Guia Você S/A Exame. Segundo a publicação da Editora Abril, 96,8% dos funcionários se identificam com o laboratório e 91,9% estão satisfeitos e motivados. Mas o que faz do Sabin o melhor lugar para se trabalhar? A Diagnóstico foi conferir as ações adotadas pela empresa para garantir a satisfação de sua equipe.

 

Retenção de talentos – Para manter o índice de absenteísmo inferior a 1% ao mês e controlar a taxa de turnover – rotatividade de pessoal –, o laboratório aposta no desenvolvimento de carreira com oportunidades para os seus colaboradores. Nesse contexto, todos os gestores das 67 filiais da empresa vieram de processo interno, segundo a diretora administrativa e sócia-fundadora Janete Vaz. “Acreditar no potencial dos colaboradores é uma rotina já incorporada pela cultura da organização”, justifica. A instituição também possui um pacote diferenciado de benefícios, que tem como pilares desenvolver, desafiar, reconhecer, recompensar e comemorar. “Criamos, ainda, o Prêmio Fidelidade, para valorizar os nossos colaboradores”, informa a superintendente de Gestão e RH do Laboratório, Marly Vidal.  As medidas de incentivo incluem a divisão entre seus funcionários de mais de R$ 2,5 milhões de participação nos negócios em 2010, aproximadamente um salário e meio para cada um dos 1.070 colaboradores. Investimentos proveitosos, que levaram a um incremento de 387% no número de clientes, 455% a mais no faturamento dos últimos oito anos da empresa – cerca de R$ 144 milhões em 2010. Dentre os mimos, está um carro zero para quem completa 20 anos de empresa. “Dividir resultados com certeza é a chave do sucesso para as organizações que sonham em se manter competitivas no mercado”, avalia Janete.

 

Meritocracia e competitividade – O laboratório vê na avaliação e reconhecimento do mérito individual e coletivo um incentivo à superação dos limites e à atuação em equipe e, por isso, adota políticas de premiação. A Diagnóstico indagou se esse tipo de conduta, que costuma estimular a competitividade interna, não gera desconforto no ambiente de trabalho. Para o Sabin, essa competição não é um entrave, mas um fator fundamental para o crescimento, desde que a política de premiação seja transparente em todas as etapas. “Temos um excelente time de profissionais, felizes e com possibilidade de crescer e se desenvolver. Algo que gera resultados diretos no desempenho do Sabin”, afirma a sócia-diretora Sandra Costa. O investimento em pessoas inclui ainda financiamento do primeiro carro e reforma da casa própria, com juros subsidiados, além de auxílio babá e enxoval. Ações de ginástica laboral, programa gestação para as futuras mamães, check-ups regulares e acompanhamento nutricional compõem o arsenal de benefícios oferecidos pelo laboratório. E, claro, todos os colaboradores do Sabin possuem plano de saúde e assistência odontológica.

 

Desenvolvimento pessoal e profissional – O Sabin implantou em 2008 o Programa Desenvolver Líderes, com o objetivo de capacitar líderes e potenciais gestores. São oferecidos cursos presenciais e online, além de workshops, congressos e seminários. De acordo com a superintendente de Gestão e RH, neste ano a empresa contabilizou uma média de 85 horas de treinamento por colaborador, somando mais de 50 mil horas no total. “Toda essa estrutura de educação corporativa tem como base o mapeamento das competências que atendem às necessidades da organização”, destaca. O laboratório, que possui colaboradores com idade média de 29 anos, já concedeu bolsa educação a 106 funcionários, custeando até 80% dos cursos de ensino médio, graduação, pós-graduação/MBA, mestrado e doutorado. “O colaborador, junto com o cliente, é o nosso principal parceiro. Precisamos valorizá-lo”, sentencia a diretora Sandra.

 



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.