home notícias Gestão
Voltar Voltar
12/01/12
CNI: 63% defendem transferência da gestão para setor privado
Para a realização da pesquisa, 2002 pessoas foram ouvidas em 141 municípios
Da redação

A transferência da gestão dos hospitais públicos para o setor privado foi apontada por 63% dos entrevistados como medida que melhoraria o atendimento dos pacientes, segundo estudo feito pelo Ibope sobre o sistema público de saúde e encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgado nesta quinta-feira (12). Além disso, o aumento no número de médicos foi apontado por 57% da população como uma das medidas que devem ser tomadas para melhorar o serviço médico na rede pública. Para a realização da pesquisa, 2002 pessoas foram ouvidas em 141 municípios. As informações são da Agência Brasil.

 

A pesquisa mostra que 96% da população já utilizou algum serviço público ou privado, durante toda a sua vida. Em uma escala de 0 a 10 pontos, os hospitais públicos receberam dos entrevistados nota média de 5,7 e os privados, 8,1. A demora no atendimento foi apontada por 55% das pessoas ouvidas como o principal problema do sistema público de saúde. Nos municípios com mais de 100 mil habitantes ou nas capitais, os responsáveis pela avaliação mais negativa da qualidade da saúde pública foram as pessoas de maior renda familiar ou de maior grau de instrução.

 

As mulheres, que utilizaram os serviços de saúde em maior número (68%) nos últimos 12 meses, dão depoimentos mais negativos sobre o sistema de sua cidade, com 55% das opiniões para ruim ou péssimo. Entre os homens, esse número cai para 51%. Do total de pessoas ouvidas, 61% já utilizaram algum serviço de saúde nos últimos 12 meses, sendo que 79% dos atendimentos foi ambulatorial. Para 71% dos entrevistados, as políticas preventivas de saúde são mais importantes que a construção de hospitais.

 

Um dos itens da pesquisa surpreendeu os pesquisadores, segundo o gerente Executivo de Pesquisa da CNI, Renato da Fonseca: o fato de 84% dos entrevistados apontarem que a venda de medicamentos só deve ser permitida com a apresentação e retenção de receita. O estudo mostrou ainda que os 82% da população acham os medicamentos genéricos tão bons quanto os de marca e 80% dos entrevistados concordaram total ou parcialmente que o parto normal é melhor do que a cesariana.

 

Segundo 82% dos respondentes disseram que o fim da corrupção seria a resolução para a carência de recursos para a saúde. A criação de um novo imposto para melhorar o atendimento à saúde é reprovada por 96% da população e apenas 4% dos entrevistados disseram acreditar na necessidade de o governo aumentar impostos para obter mais recursos para o setor. 



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.