home notícias Gestão
Voltar Voltar
13/08/15
Críticas ao cadastro de especialistas têm motivação política, diz Chioro
Ministro da Saúde afirmou que a reação das entidades de classe à criação do Cadastro Nacional de Especialistas é surreal e patética
Agência Estado

Brasília ­ O ministro da Saúde, Arthur Chioro, disse, nesta terça­feira (11), que a reação das entidades de classe à criação do Cadastro Nacional de Especialistas é "surreal" e "patética". Previsto na lei do Mais Médicos, o banco de dados visa unificar as informações sobre quem são e onde atuam os profissionais que têm o título de especialista. Com informações da Agência Estado. 

No entanto, para as entidades médicas, o texto do decreto que prevê a criação do cadastro traz brechas para reduzir o poder das associações médicas e concentrar atribuições da oferta de cursos no governo.

Segundo Chioro, as associações deviam abrir o jogo e dizer qual o real objetivo da polêmica. Ainda segundo o ministro, as entidades utilizam o cadastro como motivo de luta política. Na semana passada, dias após a publicação do decreto, as sociedades de classe afirmaram que iriam à Justiça pedir a anulação do cadastro, cuja criação já havia sido determinada na lei do Mais Médicos.

Florentino Cardoso, presidente da Associação Médica Brasileira, disse que não irá mais participar de negociações com o ministro e alega quebra de confiança. Já Chioro afirmou que as entidades médicas estão sempre convidadas a participar dos entendimentos.

O ministro disse ainda ter estranhado o fato de representantes das entidades médicas terem alegado falta de participação na construção do decreto do cadastro. Segundo Chioro, a criação do decreto já estava prevista na lei do Mais Médicos e todos acompanharam essa discussão. Ele garantiu ainda que o único objetivo do banco de dados é dar maior visibilidade sobre a distribuição de profissionais já que, atualmente, as informações não batem, conforme o ministro. 

Chioro assegurou que, qualquer que seja a avaliação das entidades, o cadastro estará em
 funcionamento dentro de 120 dias, prazo previsto no decreto.



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.