home notícias Gestão
Voltar Voltar
21/01/13
Direto ao Ponto: O e-commerce é um parceiro estratégico para o setor da saúde
Maurício Barbosa, Ceo da Bionexo, fala sobre como as novas soluções eletrônicas ajudam no processo de gestão hospitalar
Da Redação


Maurício Barbosa, Ceo da Bionexo: market share de mais de 90% na América Latina e previsão de 30% de crescimento em 2013 (Foto: Maristela Dantas/Divulgação)

A Bionexo foi fundada em São Paulo, no ano 2000, com um modelo pioneiro de e-commerce hospitalar e, em pouco tempo, tornou-se a maior referência do país no setor. Somente em 2012, a empresa espera fechar o ano com um valor total de R$ 3,5 bilhões em transações.  Presente em outros quatro países (Argentina, Colômbia, Espanha e México), a Bionexo responde por 90% do market share na América Latina e segue rumo à expansão dos negócios, dentro e fora do território nacional. “Dos cerca de 7.500 hospitais existentes no Brasil, 15% já compram insumos hospitalares pela internet por meio das nossas soluções eletrônicas”, salienta  Maurício de Lázzari Barbosa, CEO da Bionexo. Um número que tende a avançar,  com a incorporação de 250 hospitais e crescimento anual de 30%  – segundo estimativas do próprio executivo, que falou à Diagnóstico.

HÁ AINDA BARREIRAS CULTURAIS PARA O AVANÇO DO E-COMMERCE HOSPITALAR NO PAÍS? 
Sim, mas elas vêm sendo transpostas dia a dia. E, assim como no varejo, o comércio eletrônico tem espaço garantido no mercado corporativo. As empresas da área de saúde mantêm negócios cada vez mais utilizando soluções como a que oferecemos. Dos cerca de 7.500 hospitais existentes no Brasil, 15% já compram insumos hospitalares pela internet por meio das soluções eletrônicas da Bionexo. Vale ressaltar também que a aquisição de bens e insumos representa o segundo item de maior custo para as instituições de saúde. Por isso, uma ferramenta online torna-se um “parceiro” estratégico para o setor de saúde, possibilitando aumento da carteira de fornecedores, crescimento da produtividade, redução do tempo e dos custos operacionais, além de facilidade na gestão dos materiais, entre outras vantagens.

QUAL A ECONOMIA MÉDIA CONSEGUIDA POR UM HOSPITAL AO OPTAR PELO E-COMMERCE?
Ela pode variar  de hospital para hospital, mas um percentual seguro para mercados maduros como o Brasil é de 10%. Na maioria dos casos, contudo, esse número tende a ser maior. Afinal, o comércio eletrônico vem crescendo rapidamente e de maneira constante nos últimos anos. Cada vez mais, os consumidores aderem ao e-commerce. E não é por menos. É uma modalidade que reúne diversas vantagens: comodidade, agilidade, segurança, economia etc.

QUAIS SÃO OS PLANOS DA BIONEXO PARA O MERCADO DO NORDESTE?
Já estamos presentes em todos os estados da região, com um total de 117 hospitais e expandindo, cada vez mais, nossa atuação. Por isso, vamos estabelecer um escritório regional em Recife, que será estruturado para atender as demandas de nossos clientes locais nas áreas comercial, de relacionamento e tecnologia, além de necessidades de implementação e treinamento. Apesar de não termos uma data ainda fechada para o início da operação no Nordeste, posso adiantar que deve ocorrer o mais breve possível.

EM VALORES, QUAL O VOLUME DE TRANSAÇÕES ESTIMADO  DA BIONEXO ESTE ANO?
Devemos fechar 2012 com R$ 3,5 bilhões em transações. Crescemos 30% ao ano, com uma adição de 250 a 300 hospitais anualmente.

QUAL O MARKET SHARE DA EMPRESA NA AMÉRICA LATINA? 
Dos hospitais que utilizam alguma solução de compras eletrônicas, tanto no Brasil como na América Latina, nossa participação no mercado é de mais de 90%.

POR QUE A ESCOLHA DA VENTURES PARTNERS COMO PARCEIRO/INVESTIDOR ?
Nosso objetivo foi acelerar o plano de expansão nacional e internacional da Bionexo. Para capitalizar novas oportunidades e projetos, entendemos que seria importante buscar um sócio que trouxesse não somente aporte financeiro como também que fosse um player global com foco nas áreas de tecnologia/internet e e-commerce. Como líder do setor, a Bionexo tem a responsabilidade de continuar inovando e manter a construção de uma cultura de resultados com transparência nas compras do setor de saúde ibero-americano.

POR QUE O SEGMENTO DE ÓRTESES E PRÓTESES AINDA ENGATINHA NESSA MODALIDADE DE NEGÓCIO?
Pelo contrário, este nicho de mercado vem crescendo. E é fundamental para o setor que as compras de órteses e próteses possam ter mais competitividade e transparência em sua gestão de compras.

*Entrevista publicado na revista Diagnóstico, n°17.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.