home notícias Gestão
Voltar Voltar
12/09/12
Hospital Geral de Camaçari (BA) inaugura Programa de Internação Domiciliar
Pacientes serão assistidos em casa por equipe especializada neste tipo de atendimento. Programa já beneficiou cerca de 3.600 pessoas
Da Redação

O Hospital Geral de Camaçari (HGC), em parceria com a Fundação Estatal da Saúde da Família, passou a disponibilizar à população o Serviço de Internação Domiciliar (ID). A inauguração do programa, que contou com a presença do secretário da Saúde do Estado, Jorge Solla, e da diretora geral da unidade, Dorilda Vasconcelos, aconteceu na tarde desta terça-feira (11), no próprio hospital.

Implantado em outubro de 2008 pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), a intenção é reduzir a sobrecarga nos grandes hospitais púbicos e qualificar a assistência prestada aos usuários do SUS. Atualmente, o Programa de Internação Domiciliar incorpora 14 hospitais da rede pública, com 26 equipes, nos dez maiores municípios do estado. Pioneiro no país, o programa já beneficiou cerca de 3.600 pessoas.

Em Camaçari, o projeto contará com duas equipes compostas por dois médicos, dois fisioterapeutas, duas enfermeiras, um assistente administrativo, um assistente social, três técnicos de enfermagem, um nutricionista, um fonoaudiólogo e dois motoristas.

Como funciona - O internamento domiciliar disponibiliza para a população ações de saúde prestadas no domicílio. Trata-se de um tipo de internamento destinado ao paciente cujo quadro clínico exija cuidados e tecnologias acima dos oferecidos pela modalidade ambulatorial, mas que possam ser assistidos em casa por uma equipe específica para estas situações. 

O programa não contempla pacientes que tenham, por exemplo, necessidade de ventilação mecânica, de enfermagem intensiva, que não tenham cuidador contínuo identificado, em uso de medicação complexa com efeitos colaterais potencialmente graves ou de difícil administração.

Aumento de vagas - Segundo Dorilda Vasconcelos, diretora do HGC, o sistema de saúde ganha com a desospitalização do paciente. "No internamento domiciliar, nós vamos contar com 60 vagas inicialmente. Assim, serão 60 pessoas a menos dentro do hospital, o que significa mais 60 vagas para os que tiverem um estado mais grave e precisam estar internados”.

Em casa, as despesas com o paciente são menores do que no hospital. “Vamos arcar com todo o medicamento e material descartável. Ainda assim, é mais barato do que se estivesse internado, pois não causa queda na qualidade do atendimento, já que há uma equipe médica e a família para dar suporte”.

As informações são da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.