home notícias Gestão
Voltar Voltar
10/12/14
Hospital Mãe de Deus (RS) inaugura centro de combate ao AVC
Estrutura especial com equipe multidisciplinar poderá beneficiar anualmente até 800 pacientes
Da redação

Considerado uma das principais causas de mortes e sequelas no Brasil e no Mundo, o Acidente Vascular Cerebral (AVC) atinge há cada ano no Rio Grande do Sul 20 mil casos, resultando em 3 mil mortes. Atento a necessidade de mudar este cenário, o Hospital Mãe de Deus inaugurou nesta segunda-feira (08) o seu Centro Avançado de Tratamento do AVC com Unidades Integradas e Especializadas, estrutura voltada para o pronto atendimento e recuperação de pacientes vítimas da doença. O modelo será uma evolução do atendimento especializado à doença já prestado pelo HMD há 12 anos e deverá beneficiar, anualmente, até 800 pessoas.
 
A estrutura está dividida em três unidades no hospital, todas integradas, seguindo uma ordem de fluxo. A primeira está localizada no setor de Emergência, com cinco leitos dedicados, onde ocorre o diagnóstico preciso do quadro, a resolução do chamado "processo agudo" do AVC, estabilização, investigação imediata, aplicação ou não de trombolíticos (medicamento para casos do tipo) e a avaliação da possibilidade de cirurgia ou procedimentos endovasculares. Após o atendimento, que deverá ter duração máxima de 12 horas, o paciente é transferido à Unidade Neuro Intensiva, que integra a UTI do hospital e conta com cinco leitos específicos. Neste local, realiza-se o monitoramento constante dos sinais cardíacos, pressão e respiração, além de contínua monitorização do estado neurológico do paciente. Já a terceira etapa do projeto é desenvolvida na Unidade de AVC Reabilitadora, onde os pacientes que apresentam baixos riscos de complicação passam pelo processo de reabilitação de movimentos e outras capacidades prejudicadas pela doença. Somando os oito leitos da última etapa, a estrutura conta com o total de 18 vagas dedicadas.
 
Grande parte da equipe multidisciplinar escalada para o Centro já atua no Hospital Mãe de Deus há 12 anos. São profissionais exclusivos da instituição e constantemente atualizados em AVC, um dos grandes diferenciais do projeto. "Neste tempo, nossa equipe foi aprimorada com a integração de novos médicos nas áreas neurológica, cardiológica e neurocirúrgica. O que muda a partir de agora é a maior organização do cuidado ao paciente vítima de AVC, com mais multidisciplinaridade, otimização e aprimoramento do modelo assistencial de atendimento que vinha sendo aplicado", afirma o diretor técnico do Instituto de Doenças Neurológicas do Hospital Mãe de Deus, Dr. Maurício Friedrich.
 
A equipe passou por treinamentos específicos para atendimento ao paciente com o AVC em todas as etapas de internação. Conforme Dr. Friedrich, o Centro Avançado de Tratamento do AVC com Unidades Integradas e Especializadas do HMD irá ainda colaborar na formação de médicos residentes e na atualização profissionais brasileiros e sul-americanos.
 
O sistema possui plantão de neurologia 24 horas, dispondo de 11 médicos neurologistas e de uma equipe multidisciplinar, formada por neurocirurgiões, neurorradiologistas, neurorradiologistas intervencionistas, cirurgiões vasculares, cardiologistas, fisioterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos, enfermeiros, entre outros profissionais especializados em Acidente Vascular Cerebral. Conectado com todo complexo do Hospital Mãe de Deus, o Centro Avançado de Tratamento do AVC também conta com a Sala Híbrida de Cirurgia, que possibilita a realização de intervenções cirúrgicas e endovasculares paralelas - uma das únicas no Brasil - e o recurso da Telemedicina. Esta última tecnologia permitirá aos médicos do núcleo apoiar e acompanhar colegas em atendimento a casos nos hospitais Universitário e HPS de Canoas, Nossa Senhora dos Navegantes, de Torres, e Santa Luzia, de Capão da Canoa, integrantes do Sistema de Saúde Mãe de Deus e que oferecem o serviço especializado pelo SUS. Segundo Dr. Maurício Friedrich, se contabilizados os atendimentos em Porto Alegre e mais o público do interior, o investimento poderá beneficiar anualmente uma grande área de abrangência no Estado do Rio Grande do Sul onde o SSMD está presente.
 
O centro na Capital também dispõe de recursos para o diagnóstico, como hemodinâmica, doppler, ecocardiograma transesofágico, tomografia, angiotomografia e ressonância magnética. "Estruturas como esta podem reduzir em até 20% as chances de morte e de incapacidade severa provocadas pelo AVC", destaca Dr. Maurício. O projeto do centro foi baseado nas unidades de AVC alemãs, consideradas referência neste segmento da medicina em função da excelência, tradição e dos altos índices de sucesso apresentados ao longo da história. "Também seguimos os protocolos da Associação Americana de AVC, da Organização Europeia de AVC e as diretrizes da Academia Brasileira de Neurologia. Essa estrutura integrada nos permite completar a linha de atendimento ao paciente em um único lugar, pois além de estabilizar o quadro e realizar as intervenções necessárias, iniciamos de pronto sua reabilitação para que volte logo ao convívio social e profissional".
 
A reestruturação do serviço deverá reforçar a condição do Hospital Mãe de Deus como centro de referência para a doença em Porto Alegre. A partir dessa novidade, a instituição estima crescimento anual de 20 a 30% no atendimento a pacientes vítimas da doença.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.