home notícias Gestão
Voltar Voltar
07/11/12
Hospital Santa Joana (PE), do Grupo Fernandes Vieira, recebe Acreditação da JCI
Unidade investiu cerca de R$ 12 milhões em melhorias para conseguir a acreditação em qualidade na assistência médico-hospitalar. Hospital é o segundo do Nordeste a conseguir o selo americano
Da Redação

O Hospital Santa Joana, no Recife, Pernambuco conseguiu a Acreditação da Joint Comission International (JCI). Esta é considerada a mais importante acreditação hospitalar internacional, e apenas 22 hospitais brasileiros – e dois no Nordeste: o Santa Joana e o também pernambucano Memorial São José – possuem. Para tanto, o Santa Joana elegeu dois pilares rumo à certificação: a segurança do paciente e a qualidade do atendimento hospitalar. 

“O alinhamento da tecnologia com recursos humanos capacitados tem como resultado o mais alto nível internacional em medicina hospitalar. O certificado da Joint Comission International para a nossa cidade e a nossa região é uma proeza que se compara à conquista de um prêmio que poucos conseguem alcançar”, disse o diretor-presidente do Hospital Santa Joana e presidente do Grupo Fernandes Vieira, Dr. Eustácio Vieira.

Para conseguir o selo, a unidade se preparou durante quatro anos, e investiu cerca de R$ 12 milhões em infraestrutura, na compra de equipamentos mais modernos e na qualificação da equipe. Foram contratados mais de 200 funcionários das áreas médica, de farmácia, fisioterapia e enfermagem. Foi construído um novo Centro de Terapia Intensiva (CTI), com 750 m², e a área da farmácia foi ampliada e reestruturada. Um novo prédio também foi construído – a Unidade Clínico-Cirúrgica, com os mais modernos conceitos de arquitetura e hotelaria hospitalar. Para atender a alta demanda de procedimentos na Instituição, foi construído um novo Centro de Materiais e Esterilização (CME). E um sistema de rastreamento eletrônico de medicamentos, implantado durante o processo de acreditação, permite agora o controle da medicação, do momento em que ela entra na farmácia até ser aplicada no paciente.

Ao chegar ao hospital, o paciente recebe uma pulseira com um código de barras, nome e o número do  prontuário, que armazena todos os atendimentos realizados. A pulseira garante a segurança de que todo e qualquer procedimento será conferido antes de ser aplicado no paciente, seja medição, alimentação, exames ou procedimentos cirúrgicos e invasivos. Além disso, o Santa Joana investiu em prevenção de acidentes, como a criação da brigada de incêndio, implantação de rotas de fugas e treinamentos para atuar diante de situações de calamidades e catástrofes. Também houve a implementação de rondas e auditorias de qualidade e processos para que os funcionários possam identificar, com antecedência, possíveis falhas nos processos.

“O JCI destaca, no manual internacional da acreditação, 61 itens que devem ser criteriosamente avaliados no prontuário médico, cujas subdivisões somam em média mil tópicos”, conta a diretora executiva do Santa Joana, Juliana Vieira Maranhão. “Tudo o que os médicos prescrevem no que se refere a medicamentos, por exemplo, precisa ser controlado pelos farmacêuticos, que se revezam vinte e quatro horas por dia. Essa foi outra mudança que contribuiu para a adequação dos padrões da Acreditação”, explica.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.