home notícias Gestão
Voltar Voltar
29/04/13
Justiça dos EUA aciona Novartis por suborno de médicos
Farmacêutica suíça foi acusada de pagar propina para que seus medicamentos fossem receitados. Esta é a segunda ação judicial no país contra a empresa em apenas uma semana
AFP

Nova York - Na última sexta-feira (26), a companhia Novartis Pharmaceuticals foi acusada pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos de pagar subornos a médicos para que prescrevam seus medicamentos em detrimento de remédios da concorrência. Esta é a segunda ação judicial no país contra a empresa em apenas uma semana. Segundo o Departamento de Justiça, a farmacêutica suíça aumentou as vendas de seus caros medicamentos, dando incentivos aos médicos, que acabaram sendo pagos com recursos de programas de saúde pública.

De acordo com a ação apresentada no Tribunal Federal do Distrito de Nova York, durante a promoção de medicamentos como Lotrel e Valturna e o Starlix, a Novartis pagou a médicos para dar conferências no que denominavam de "ocasiões sociais" e organizou jantares sofisticados para os médicos. O Departamento de Justiça afirmou que as ações eram, na verdade, subornos aos conferencistas e participantes com a finalidade de induzi-los a receitar medicamentos da marca.

O departamento de Justiça informou que, para os analistas da Novartis, estes programas eram rentáveis em termos de receitas suplementares geradas por seus medicamentos. Como consequência, o laboratório dedicou 65 milhões de dólares entre janeiro de 2002 e novembro de 2011 para promover 38 mil programas de "conferências” ligados aos medicamentos Lotrel, Valturna e Starlix.

De acordo com Stuart Delery, um dos promotores do caso, os pacientes merecem cuidados baseados em um julgamento médico saudável, e não no interesse financeiro dos médicos. Segundo ele, os pagamentos violaram o Estatuto Anti-suborno dos Estados Unidos e levaram o governo a pagar por "falsas demandas" por produtos farmacêuticos da Novartis através de seus programas de saúde.

Delery afirmou que os programas federais de cobertura médica Medicare e Medicaid, voltados para pessoas de poucos recursos, gastaram milhões de dólares em encomendas derivadas da corrupção. Na terça-feira (23), o governo americano havia acionado a Novartis por pagar subornos a pelo menos vinte farmácias para que recomendassem o uso do medicamento Myfortic no lugar de outros genéricos mais baratos utilizados para tratar pacientes transplantados, em troca de lucros sobre as vendas.

*As informações são da AFP.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.