home notícias Gestão
Voltar Voltar
04/10/13
Lideranças do setor de saúde marcam presença no 2º Conahp
Fórum, que acontece até a sexta-feira (04), traz como tema central o envelhecimento populacional e as repercussões na atividade hospitalar e na gestão da assistência
Da Redação

Lideranças, pensadores e executivos do setor da saúde mundial marcaram presença no 2º Conahp – Congresso Nacional de Hospitais Privados, na manhã do dia 2 de outubro, quarta-feira, em São Paulo, nas instalações do World Trade Center, WTC.

O evento, que acontece até esta sexta-feira (04), é uma parceria da Associação Nacional dos Hospitais Privados (Anahp) com a Feira/Fórum Hospitalar, e debaterá um dos principais temas da pauta atual da Saúde, “O envelhecimento populacional e as repercussões na atividade hospitalar e na gestão da assistência”.

A presidente da Hospitalar, Dra. Waleska Santos, destacou a aliança com a Anahp, iniciada em 2011, com a realização do 1º Conahp, e ressaltou a missão da Hospitalar, como agenda positiva de relacionamento intrassetorial. “Há duas décadas, a hospitalar surgiu no cenário da saúde brasileira para propor uma agenda positiva de relacionamento intrassetorial, estimulando a agregação de um setor tão importante e abrangente, a saúde. E hoje, com o 2º Conahp, estamos estreitando a convivência e a interlocução mais frequente com os profissionais do setor, para manter vivo o nosso propósito”, disse a executiva.

Já Francisco Balestrin, presidente do Conselho de Administração da Anahp, destacou a importância do tema do congresso e a experiência de outros países na gestão do envelhecimento. “A experiência da Federação Internacional de Hospitais que será relatada durante o 2º Conahp vai enriquecer todo o debate, possibilitando a melhoria da gestão hospitalar brasileira”.

O Presidente do Comitê Executivo da Federação Internacional dos Hospitais - International Hospital Federation, Kwang Tae Kim afirmou que o 2º Conahp marcará importante discussão para a saúde brasileira. “Este congresso vai promover um diálogo necessário para facilitar não somente o conhecimento, mas também, importantes estratégias para a melhoria da saúde brasileira”, disse.

José Carlos Abrahão, presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), falou sobre a evolução da saúde com qualidade. Segundo Abrahão, um sistema de saúde eficiente precisa ser mais humanizado e o 2º Conahp vem reafirmar este debate.

EXPERIÊNCIAS INTERNACIONAIS DE ATENÇÂO À SAÚDE DOS IDOSOS

A sessão que abriu os debates discutiu os desafios do envelhecimento populacional na atenção à saúde a partir de experiências internacionais. O CEO da IHF – International Hospital Federation, Eric de Rodenbeke, mediou a discussão e destacou que não há duvida de que os custos com os cuidados do paciente vão aumentar na medida em que a população envelhece.

“Os idosos do futuro serão diferentes dos idosos de hoje, por isso há uma série de dúvidas de como será o cuidado e quais serão os impactos. O grande desafio é remodelar todo o serviço de atendimento em saúde”, destacou Rodenbeke. A boa notícia, segundo o mediador, é alguns países já têm alcançado sucesso nesta questão e podemos aprender muito com eles.

Japão - Tsuneo Sakai, presidente da Japan Hospital Association, apresentou a experiência japonesa, país que tem um sistema universal de saúde desde 1961. O modelo segue o mesmo padrão que o brasileiro e o inglês e está sob a responsabilidade do Ministro da Saúde.

O serviço está dividido em várias camadas: com visitas domiciliares para cuidados simples como banhos medicamentos, até serviços mais complexos como atendimento no hospital. A diferença entre a assistência em diferentes faixas etárias, segundo Sakai, está no suporte contínuo que os idosos necessitam.

Sakai ressaltou também a importância de se quebrar a barreira entre cuidados médicos e serviços de bem-estar. “O ideal é termos uma preocupação global, com a combinação de cuidados médicos e medicina de família”, disse. Essa mudança será ainda mais importante no futuro, pois a estimativa é que a população com mais de 75 anos chegue a 40% no Japão em 2030. 

França - Cedric Lussiez, diretor de Comunicação da French Hospital Federation, destacou que a França está no meio do caminho em termos de envelhecimento. “Temos bons resultados em indicadores de saúde, mas gastamos muito mais do que os outros países europeus”, disse.

O país tem uma cobertura universal graças a um modelo de seguro criado em 2000, que permite também cobertura adicional. O sistema francês passou por uma reforma em 2004, que não atingiu os resultados esperados. “As recomendações clínicas não foram respeitadas pela maioria dos médicos”, explicou Lussiez.

Outra questão que tem sido discutida no país é o alto índice de hospitalizações não apropriadas. “Isso se deve a falta de coordenação entre ambulatórios e cuidados primários”. A forma de resolver, de acordo com o palestrante, é trabalhar o sistema como um todo. “Precisamos passar de uma assistência centrada em especialidades para uma assistência focada no paciente”, explicou. 

Estados Unidos - Thomas Dohlan, presidente emérito do American College of Healthcare Executives, abordou os desafios das doenças mentais no envelhecimento populacional e apresentou informações demográficas importantes a respeito do assunto. A população idosa dos Estados Unidos representa 13% do total, mas seus gastos com saúde alcançam 37%.

“Muito destes valores se referem a gastos com doenças mentais e a demência representa despesas de US$109 bilhões”, explicou Dohlan. Outro dado importante refere-se ao fato de que apenas 3% da população idosa recebem tratamento para depressão.

Idosos com demência como Alzheimer utilizam o sistema de saúde 19 vezes mais do que uma pessoa da mesma faixa etária sem o problema. Outra questão associada é a dos cuidadores não remunerados – normalmente um membro da família – que também apresentam problemas de depressão e buscam o sistema de saúde.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.