home notícias Gestão
Voltar Voltar
26/09/12
Hospital Santa Joana (PE) inaugura nova estrutura e aumenta em 20% a oferta
Unidade dispõe de novos CTIs e Central de Material e Esterilização. Investimento foi de cerca de R$ 12 milhões
Roberta Meireles, do Recife

O Hospital Santa Joana (HSJ), localizado no Recife, Pernambuco, acaba de ampliar sua estrutura física. O complexo hospitalar lançou uma nova Unidade Clínico-Cirúrgica (UCC), que funciona em um prédio anexo ao prédio principal, um andar inteiro dedicado a um novo Centro de Terapia Intensiva (CTI) e uma nova Central de Material e Esterilização (CME), onde são realizadas a higienização e esterilização dos materiais de uso médico-hospitalar. O investimento para a implantação das três unidades foi de cerca de R$ 12 milhões.

A nova UCC oferece mais apartamentos para pacientes que precisem de algum tipo específico de tratamento ou internamento, tanto clínico quanto cirúrgico, representando um aumento de 20% no número de leitos total do Hospital. “Os apartamentos estão em área confortável e são reservados para objetivos específicos de tratamento”, afirma a superintendente administrativa do HSJ, Terezinha Vieira. 

Já o novo CTI representa um passo muito importante para o HSJ, segundo o médico responsável pela unidade, Odin Barbosa. “Contamos agora com um grande CTI que oferta ainda mais leitos. Ela tem 750 m², ocupando um andar inteiro do prédio principal, e proporcionará mais conforto e segurança tanto para a equipe técnica e assistencial, quanto para o paciente”, fala o médico. Ainda segundo ele, além dos equipamentos todos novos e de última geração, dois leitos foram projetados exclusivamente para receber doentes que necessitem de isolamento, oferecendo mais segurança e controle de possíveis infecções para outros pacientes, com o fluxo de corrente de ar diferenciado.

Os 20 leitos contam com pontos de água e energia para possibilitar a realização de hemodiálise sem necessitar transferir o paciente. O CTI possui ainda uma central de monitorização que permite acompanhar o funcionamento dos equipamentos e os parâmetros de cada paciente através de um monitor disposto no posto de enfermagem e na sala dos médicos, onde é possível monitorar dados fisiológicos como batimentos cardíacos, pressão arterial, temperatura e oxigenação de todos os pacientes internados ao mesmo tempo e, até mesmo, aferir a pressão ao toque de um botão. 

Além dos dois espaços, o HSJ conta com uma nova CME, responsável pelo recebimento e preparação desses materiais cirúrgicos e de assistência ventilatória, como nebulizadores e circuitos de respiradores, para que eles possam ser novamente utilizados. A cada ciclo de esterilização são realizados testes para validar que o material está estéril e pronto para utilização, além de serem seguidas todas as boas práticas e normas indicadas pela Anvisa.

A diretora administrativa do Santa Joana, Juliana Vieira, aponta a equipe, além dos avanços tecnológicos da nova unidade, como diferencial. “Os profissionais envolvidos no atendimento do CTI são experientes e seguem os padrões e protocolos internacionais de assistência e segurança. Isso torna esse momento tão significante quanto à inauguração do Hospital, há 33 anos”, comenta.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.