home notícias Gestão
Voltar Voltar
31/10/13
Obama defende lei da saúde durante discurso em Boston
Presidente falou para aqueles que estão perdendo o seu seguro por causa da lei, conhecida como Obamacare, no Faneuil Hall, em Boston
Da redação

Boston - Durante um discurso em Boston, nesta quarta-feira (30), o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, defendeu a lei federal de saúde e falou diretamente com algumas pessoas que estão perdendo o seguro de saúde. Obama criticou as seguradoras que estariam citando a nova lei da saúde para cancelar a cobertura de milhares de norte-americanos. As informações são do Estado de S. Paulo.

Na última semana, republicanos e democratas criticaram a lei conhecida como Obamacare principalmente devido aos problemas técnicos que atingiram o site do programa. Obama viajou para Boston para tentar direcionar a atenção para os benefícios da lei, mas considerou estar frustrado com os eventuais problemas. 

"Eu assumo total responsabilidade para que o funcionamento do site seja normalizado o mais rápido possível", disse o presidente, horas depois que a sua secretária de Saúde, Kathleen Sebelius, pediu desculpas pelos mesmos problemas no site. 

Alguns legisladores a criticaram em função de afirmações anteriores do presidente norte-americano de que as pessoas que gostavam de seu seguro poderiam ficar com eles. "Se você gosta do seu plano de saúde, você será capaz de manter o seu plano", disse Obama em 2009, ao tentar tentando angariar apoio para a lei. Ele repetiu essa mensagem várias vezes e os seus principais críticos enfatizaram essas declarações em meio a relatos de que milhares de norte-americanos estão perdendo os seus planos de saúde.

Obama fez as observações em Boston, onde, em 2006, o governador de Massachusetts, Mitt Romney, assinou uma lei para a reforma do sistema de saúde do estado. Segundo o presidente, a lei de Massachusetts deve ser vista como um modelo para a lei federal. "Alguns legisladores diziam que a lei de Massachusetts estava fadada ao fracasso, assim como falam da lei federal", explicou o presidente norte-americano. 

Obama também comparou a lei federal à lei de Massachusetts fazendo referência ao número de inscrições. De acordo com o presidente, no primeiro mês, aproximadamente 100 pessoas se inscreveram no programa de saúde do estado. O governo dos EUA se recusou a dizer quantas pessoas se inscreveram na lei federal de saúde, uma vez que o programa entrou no ar em 1 de outubro, mas os números devem ser baixos, em parte, por causa dos problemas do site. Fonte: Dow Jones Newswires.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.