home notícias Gestão
Voltar Voltar
10/09/12
Pernambuco vai investir R$ 2,8 milhões por ano na descentralização dos serviços de imagem de alta complexidade
Dez clínicas foram contratadas para atender cerca de 1.050 pessoas por mês. Investimento será de R$ 2,8 milhões por ano
Roberta Meireles, do Recife

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco e mais dez clínicas do interior do Estado firmaram contrato para a descentralização dos serviços de imagem de alta complexidade. Com a parceria, além de Recife, Petrolina, Caruaru, Garanhuns e Carpina, outras sete cidades farão os atendimentos, abrangendo todas as Regionais de Saúde pernambucanas. A medida deve beneficiar cerca de 1.050 pessoas por mês, que terão acesso ao exame mais próximo de casa. Por ano, serão investidos R$ 2,8 milhões para que a população tenha acesso aos exames de tomografia computadorizada, densitometria óssea e ressonância magnética.
 
O contrato de prestação de serviço foi assinado pelo secretário estadual de Saúde, Antonio Carlos Figueira, na última quarta-feira (05), na sede da Gerência Regional de Saúde (Geres) de Arcoverde. As clínicas contratadas foram a Clínica Santa Paula (Palmares), Centro Hospitalar Dr. José Evoide de Moura (Afogados da Ingazeira), Ortodens (Salgueiro), Radimagem Diagnóstico (Araripina), Uniclinic (Araripina), Casa de Saúde São Vicente (Serra Talhada), Pró-Imagem (Salgueiro), Centro de Diagnóstico e Terapia (Surubim), Neuro Imagem (Arcoverde) e Pronto Socorro São Francisco (Salgueiro)
 
“O Estado vem descentralizando os serviços de saúde para o interior do Estado, expandindo os leitos de UTI, criando urgências odontológicas e iniciando a construção das UPAs Especialidades, por exemplo”, afirma o secretário. “Com a concessão de serviços de imagem de alta complexidade em todas as regiões pernambucanas, damos mais um passo para que os usuários do SUS tenham assistência integral à saúde perto de casa. Além disso, os exames serão agilizados, facilitando o andamento dos tratamentos”. 
 
Atualmente, a Secretaria de Saúde de Pernambuco investe anualmente R$ 28,8 milhões na realização dos exames, fornecidos por 29 instituições, entre públicos, privados e filantrópicos. Ao todo, são 12,5 mil exames realizados por mês (150 mil por ano), sendo 8 mil tomografias computadorizadas, 3,8 mil ressonâncias magnéticas e 700 densitometrias ósseas.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.