home notícias Gestão
Voltar Voltar
15/03/13
Philips investirá no segmento de raio X e iluminação
Setor será uma das prioridades da empresa que passa por uma reestruturação global e pretende aproveitar a expansão da rede hospitalar brasileira
Exame

São Paulo - Desde que assumiu a presidência da Philips na América Latina, há seis meses, o holandês Henk de Jong adotou como hábito observar as lâmpadas usadas em ruas, restaurantes e escritórios na região. A área de iluminação se tornou uma das prioridades da Philips, que passa por uma reestruturação global. A empresa concentra seus investimentos nos segmentos de equipamentos médicos, iluminação e eletroportáteis, deixando para trás a estratégia que focava em televisão, DVD e aparelhos de som.

A empresa quer se posicionar como uma companhia de saúde e bem-estar, e para isso lançou em 2011, um plano de reestruturação global. A previsão de conclusão é para 2015. A mudança já começou a refletir no mercado brasileiro, que irá importar e desenvolver novas tecnologias nas áreas que, agora, segundo Jong, serão prioridades da empresa. Segundo ele, a Philips investirá 7% do seu faturamento em inovação. "O Brasil é um mercado prioritário e receberá as novas soluções desenvolvidas no exterior o mais rápido possível, além de criar tecnologia no Brasil para o mercado local”, disse.

Em novembro, a empresa lançou o primeiro equipamento médico para exame de mamografia digital desenvolvido e produzido no Brasil. Outros produtos criados no exterior também já são fabricados no Brasil. Na área de saúde, aproximadamente 65% das vendas são de produtos fabricados localmente. “Se tiver oportunidades de mercado e pudermos crescer mais rápido, vamos aumentar a produção local”, disse Jong.

Além da Philips, que é apenas uma das multinacionais que tentam aproveitar a expansão da rede hospitalar brasileira, a alemã Siemens, a japonesa Toshiba e a americana GE anunciaram nos últimos dois anos investimentos em fábricas no Brasil na área de equipamentos médicos. De acordo com o consultor em estratégia empresarial e professor do Mackenzie e da FGV, Marcos Morita, com a expansão dos planos de saúde, mais pessoas têm acesso a exames. "A classe C faz tomografia em laboratórios particulares, uma situação que era impensável anos atrás", completa.

Iluminação - A Philips também pretende aproveitar outra tendência para fomentar os negócios no Brasil. Empresas, governos e pessoas físicas são motivados por um discurso crescente na sociedade para adotar hábitos sustentáveis e economizar energia. A empresa já forneceu tecnologia LED para o novo sistema de iluminação do parque Ibirapuera, em São Paulo. Agora, está em contato com outras prefeituras para fazer novos projetos de iluminação pública com lâmpadas LED. “Queremos fazer no Brasil a primeira cidade com iluminação sustentável”, disse Jong. Globalmente, a Philips tem um projeto deste tipo em Mônaco.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.