home notícias Gestão
Voltar Voltar
21/02/14
Planos de saúde terão de avaliar médicos e hospitais
Medida entrará em vigor em março. Seguros que não informarem a qualificação dos serviços aos clientes serão multados em 35 mil reais
Da redação

A partir de março, as operadoras de planos de saúde serão obrigadas a informar aos clientes os indicativos de qualidade de sua rede de prestadores de serviço. De acordo com André Longo, diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a agência irá estabelecer uma série de critérios para a avaliação de hospitais, laboratórios e médicos. As informações são dos portais Veja e Estado de S. Paulo.

A iniciativa faz parte do Qualiss, programa desenvolvido pela ANS para tentar melhorar o controle sobre a qualidade do serviço. O resultado dessa avaliação devera ser publicado pelas operadoras nos materiais de divulgação das suas redes assistenciais, nas versões on-line e impressa.

O programa avaliará tanto os profissionais quanto a rede hospitalar, clínica e de laboratórios que têm convênio com operadoras, através de um conjunto de atributos de qualificação. Segundo André Longo, a ANS quer avaliar a qualidade do serviço que está sendo prestado ao consumidor para dar mais segurança e, também, divulgar desses indicadores para facilitar a escolha do consumidor na buscar por um determinado tipo de serviço?.

Avaliação — Entre os atributos que serão avaliados estão os hospitais, taxa de infecção hospitalar, taxa de mortalidade cirúrgica, acessibilidade à pessoa com deficiência, tempo de espera na urgência e emergência, satisfação do cliente e médicos que atendem em consultórios. 

O diretor-presidente da ANS explica que tudo isso servirá para ver se os médicos têm residência médica, especializações, se as unidades atendem aos registros necessários de Vigilância Sanitária, e se participam de programas como o Notivisa, que é de notificação compulsória de eventos junto à Vigilância Sanitária. As operadoras que não publicarem as informações passadas pelo prestador de serviço receberão multa de 35.000 reais.

Reclamações — Também em março, a ANS atuará com rigor em relação às reclamações recebidas contra planos de saúde, incluindo as falhas não relacionadas à cobertura. Atualmente, a agência só oferece o prazo máximo para as operadoras responderem a esse tipo de problema. A partir do dia 17 do mês que vem, as reclamações sobre outros assuntos, como reajustes abusivos e quebras de contrato, receberão o mesmo tratamento.

?Hoje, essas demandas são tratadas sem um fluxo de tempo para a resposta. Mas, segundo Longo, isso passará a existir e o consumidor vai poder acompanhar as suas demandas no site da agência?. Somente em 2013, a ANS recebeu mais de 100.000 reclamações. Cerca de 70.000 delas foram relacionadas à cobertura.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.