home notícias Gestão
Voltar Voltar
30/08/13
Prefeituras vão demitir médicos para receber equipes do governo
A medida, anunciada por prefeitos e secretários de saúde de alguns municípios, pode ameaçar a principal bandeira do plano: a redução da carência de médicos no interior e nas periferias
Folha de S. Paulo

Médicos contratados por diferentes prefeituras no país serão trocados por profissionais do Mais Médicos para aliviar as contas dos municípios. A medida, anunciada por prefeitos e secretários de saúde, pode ameaçar a principal bandeira do plano: a redução da carência de médicos no interior e nas periferias. Cerca de 11 cidades, de quatro Estados, pretendem fazer demissões para receber as equipes do governo federal. Segundo as prefeituras, a substituição significa economia, já que a bolsa de R$ 10 mil do Mais Médicos é totalmente custeada pela União.

A fixação dos novos médicos por um período mínimo de três anos é outro atrativo que as prefeituras alegaram para a troca das equipes. Muitos prefeitos reclamam da alta rotatividade dos profissionais, que não se adaptam à falta de estrutura. As cidades que falaram em trocar as equipes são: no Amazonas: Coari, Lábrea e Anamã, na Bahia: Sapeaçu, Jeremoabo, Nova Soure e Santa Bárbara; no Ceará: Barbalha, Cascavel, Canindé; e Camaragibe, em Pernambuco.

Atualmente, dentro do programa Saúde da Família, as prefeituras recebem da União o valor de R$ 10 mil por equipe. Os complementos de salários e encargos são pagos com recursos de cada cidade. Em Coari, no Amazonas, a 421 km de barco de Manaus, a prefeitura paga cerca de R$ 25 mil para médicos recém-formados e R$ 35 mil para os especialistas.

Segundo o secretário da Saúde de Coari, Ricardo Faria, o município é obrigado a pagar o valor, "ou ninguém aceita". A prefeitura diz que vai demitir um médico de seu quadro para trocá-lo por outro que chegará já na primeira fase do programa federal. "Vamos tirar alguns dos nossos médicos e colocar os profissionais que chegarão do Mais Médicos", afirmou. O prefeito Evaldo Gomes (PMDB), afirma pagar R$ 30 mil para cada médico. "Substituí-los diminuiria os gastos da prefeitura", disse.

Com informações da Folha de S. Paulo.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.