home notícias Gestão
Voltar Voltar
15/12/14
Santa Casa de São Paulo mantinha R$ 6,4 mi aplicados e contratos irregulares
Resultado da auditoria foi divulgado na última quinta-feira (11) à diretoria da entidade filantrópica
Da Redação

Ao suspender o atendimento no pronto-socorro em julho deste ano, a Santa Casa de São Paulo possuía R$ 6,4 milhões aplicados e resgatáveis a qualquer momento. A contratação de terceirizados era superfaturada e não correspondia com a realidade do hospital. As falhas de gestão apontadas pela análise da BDO RCS Auditores Independentes foram apresentadas na última quinta-feira (11) pelo secretário de saúde David Uip à diretoria da Santa Casa.
 
Os resultados impedem que o Estado ajude no pagamento dos salários que estão atrasados. De acordo com Uip, é preciso encontrar instrumentos legais para repassar o dinheiro. "Como a auditoria aponta problemas muito sérios, eu, simplesmente, não posso repassar mais dinheiro em cima desse diagnóstico", disse ele em reportagem da Folha de S. Paulo.
 
A dívida da instituição passou a ser estimada em R$ 773 milhões - antes era anunciado débito de R$ 400 milhões. Só aos fornecedores, a Santa Casa tem dívida de R$ 100 milhões. Em julho, a entidade afirmava débito em torno de R$ 45 milhões. Parte dos R$ 6,4 milhões aplicados foi resgatada em agosto para aquisição de imóvel no valor de R$ 2 milhões, segundo resultado da auditoria.
 
Contratações - A auditoria verificou também superfaturamento nos contratos. Por exemplo, no contrato de lavanderia deveria ser pago R$ 1,98 por quilo de roupa. A empresa terceirizada, no entanto, cobrava R$ 3. De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, o gasto excedente é de R$ 2,6 milhões por ano. A auditoria apontou que nos serviços de limpeza a Santa Casa pagava por 422 funcionários, mas apenas 360 trabalhavam.
 
O secretário da Saúde David Uip disse que há problemas em todos os contratos, inclusive, alguns que desfavorecem a Santa Casa. Entre eles está o sobrepreço dos medicamentos. A entidade pode ter pago valor até 5 mil vezes maior ao de mercado pelos remédios.
 
Superintendente da Santa Casa há dois meses, Irineu Massaia afirmou que a entidade já tem um plano de recuperação para corte de custos e revisão de contratos. Massaia diz também que será possível pagar a dívida, embora a situação não se resolva do dia para a noite.

DIREÇÃO DA SANTA CASA DE SP DIZ QUE AVALIA RESULTADO DE AUDITORIA

A direção da Santa Casa de São Paulo informou que recebeu o resultado da auditoria apenas nesta quinta-feira (11) e, por isso, ainda continua analisando os documentos.  

Em nota enviada à imprensa, o hospital disse que esta avaliando em detalhes suas conclusões, de forma a tomar as medidas cabíveis. Procurado, o provedor Kalil Rocha Abdalla não quis falar sobre o assunto. 
 
Com informações da Folha de S. Paulo e Estado de S. Paulo.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.