home notícias Gestão
Voltar Voltar
29/01/13
Três pacientes morrem após realizar ressonância magnética
Fato ocorreu no hospital particular Vera Cruz, em Campinas. Vigilância Sanitária vai investigar se utilização do contraste tem relação com as mortes
Da Redação

Três pessoas morreram entre a tarde e a noite desta segunda-feira (28), após realizarem exames de ressonância magnética no hospital Vera Cruz, em Campinas, interior de São Paulo. Hoje, a Secretaria Municipal de Saúde comunicou a todos as unidades hospitalares e clínicas da cidade que devem suspender os exames de ressonância magnética e tomografias com a utilização do contraste. A medida valerá até que a causa das mortes sejam identificadas.

No mesmo dia, a Vigilância em Saúde já havia interditado o setor responsável pelo procedimento na unidade, que é particular e considerada referência nesses tipos de exame. O órgão irá investigar, entre outras causas, se o contraste (composto químico utilizado no exame) tem relação com as mortes. A direção da unidade acionou a polícia e as salas e materiais utilizados foram lacrados. O hospital afirma que as causas ainda são desconhecidas e que aguarda o laudo do Instituto Médico Legal (IML).

As vítimas foram dois homens, de 36 e 39 anos, e uma mulher, de 25 anos. De acordo com o corpo clínico do hospital, eles tiveram parada cardiorrespiratória logo após fazerem o exame. No mesmo dia, mais de 80 pacientes realizaram ressonâncias sem apresentarem problemas.  Os pacientes realizaram a ressonância magnética de crânio no final da tarde em salas e com técnicos diferentes. Elas também tinham situações clínicas diferentes e não foram diagnosticadas com doenças em estágio avançado. Todos preencheram os formulários declarando que não apresentavam restrições e estavam desacompanhados de familiares e conhecidos.

Ainda segundo a direção, a empresa responsável pela realização dos procedimentos é terceirizada e atua no local há 20 anos. São realizados por mês cerca de 2 mil ressonâncias e nenhuma ocorrência deste tipo foi registrada na unidade. O hospital Vera Cruz também informou que está colaborando com os órgãos competentes.

O secretário de Saúde de Campinas, Cármino de Souza, informou que muitas unidades médicas utilizam a substâncias dos mesmos fornecedores do Vera Cruz. Segundo ele, todos os serviços serão suspensos até que haja as informações complementares. "Hoje o que temos não nos dá tranquilidade", disse.

Ainda segundo o secretário, a suspensão dos exames deveria ser recomendada para todo o país. "Este foi um evento extremamente raro. O que nos intriga é que eles morreram concomitantemente", ressalta. Todo o material recolhido na unidade será enviado para o Instituto Adolfo Lutz e para um de radiofármacos indicado pelo estado.

Unidades – Muitas clínicas e hospitais de Campinas os exames ainda realizam os exames de ressonâncias normalmente, mas a Secretaria de Saúde afirmou que todas as unidades médicas já estão sendo notificadas da suspensão.

A Radiologia Clínica de Campinas (RCC) informou que recebeu o comunicado e suspendeu todos os exames que são realizados com contrastes. No Hospital Celso Pierro, da PUC-Campinas, os exames de ressonância, com e sem contraste, também foram suspensos. 

Na Clínica de Imagens Médicas, os exames com contraste também foram suspensos pela administração da unidade. O comunicado emitido pelo secretário municipal de Saúde, Cármino de Souza, é para que sejam suspensos apenas os exames com contraste.

*Com informações do Estado de s. Paulo e G1.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.