home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
01/11/11
André Esteves, do BTG, propõe fusão entre Amil e Rede D’Or
Executivo é um dos sócios da rede carioca que faturou R$ 2 bilhões em 2010
Da redação

O presidente do BTG Pactual, André Esteves, acredita haver grande potencial de fusão entre as operações da Amil Participações, um dos maiores grupos de planos de saúde do País, e a Rede D’Or, operadora independente de hospitais e laboratórios com sede no Rio de Janeiro – do qual o BTG Pactual é um dos sócios. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (31), pelo jornal Brasil Econômico.

 

“Nossa experiência com a Rede D’Or é fantástica, prazerosa e lucrativa”, afirmou o banqueiro durante o 1º Congresso Nacional de Hospitais Privados, realizado em setembro deste ano, em São Paulo. “Vejo com muito bons olhos a busca por parceiros e recursos para crescimento no setor de saúde”.

 

Desde o ano passado, o BTG Pactual é um dos sócios da Rede D’Or, que faturou cerca de R$ 2 bilhões em 2010. “Obviamente aqueles que investem no setor de saúde devem ter a consciência de que primeiro é preciso entregar o bem primordial que é a saúde das pessoas. Dito isso, não há nada de errado em melhorar a gestão e obter lucro”, afirmou o executivo.

 

Em nota oficial, a Rede D’Or declarou que “assim como nas áreas de plano de saúde e medicina diagnóstica, a Rede DOr também tem buscado a consolidação do setor hospitalar”, mas que a impossibilidade de participação do capital estrangeiro “inviabiliza um IPO” e que “qualquer possibilidade de fusão com uma operadora de planos de saúde que possua capital estrangeiro também não é possível pela mesma razão”.

 

>> Assista a entrevista que José Guersola, vice-presidente do Grupo D’Or, concedeu ao Portal Diagnósticoweb sobre o assunto.



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.