home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
30/03/12
Bradesco Saúde descredencia maior laboratório da Bahia
Labchecap possui 29 anos de fundação e 17 unidades em pontos estratégicos de Salvador
Da redação

A Bradesco Saúde descredenciou o maior laboratório de análises clínicas da Bahia, o Labchecap, através do anúncio de rompimento unilateral de contrato.  A decisão ainda não foi formalizada e, segundo a regional Bahia da seguradora, partiu do comando da empresa, no Rio de Janeiro. O laboratório –  um dos mais tradicionais do estado, com 29 anos de fundação – possui  17 unidades espalhadas em pontos estratégicos de Salvador e uma das maiores unidades de processamento de exames da Bahia.

 

O contrato com o Bradesco, que possui cerca de 250 mil vidas no estado, existe há 22 anos. Procurado, o diretor executivo do Labchecap, Maurício Bernardino, confirmou a informação, mas disse ao Portal Diagnósticoweb que a questão ainda está sendo analisada pelas partes. “Estamos buscando entender as razões”, salienta. “Acreditamos que não interessa a ninguém, ao mercado e aos consumidores, principalmente, a suspensão do atendimento”.  Segundo ele, a justificativa dada até agora pela seguradora foi a de que um cliente teria sido atendido em uma unidade do laboratório que não possuía a devida extensão de credenciamento. O Bradesco representa cerca de 15% do faturamento do Labchecap, que continuaria operando com a operadora apenas com a Bradesco AMS Polo, com cerca de 25 mil vidas.

 

De acordo com a Superintendente de Gestão de Rede do Bradesco para  Bahia, Alagoas e Sergipe, Mariléa Souza, as informações sobre o episódio só poderiam ser prestadas pela sede da seguradora.  “Estamos cientes da informação e aguardando um posicionamento oficial do laboratório”, disse à reportagem o presidente da Associação dos Hospitais e Serviços de Saúde do Estado da Bahia (Ahseb), Marcelo Britto.

 

Fontes do mercado ouvidas pelo Portal Diagnósticoweb afirmam que rompimento unilateral de um contrato envolvendo o segundo maior plano de saúde do Brasil e prestadores da envergadura e credibilidade do Labchecap deve ser visto, no mínimo, com estranheza. “O mais importante é saber se o que houve foi um movimento equivocado, precipitado ou algo estratégico, o que é mais provável”, disse um consultor na condição de anonimato. “O Bradesco Participações é sócio do Fleury, com 20% das ações, cuja bandeira a+ seria uma das maiores beneficiadas pelo descredenciamento do Labchecap”.

 

Um movimento semelhante ocorreu com a Amil, que vendeu, no ano passado, a carteira de clientes para a Dasa por R$ 15 milhões, com a garantia de redução no valor dos exames, o que renderia uma economia de até R$ 40 milhões/ano para a operadora. Em contrapartida, o laboratório Sérgio Franco, da Dasa, teria o monopólio no atendimento dos segurados da Amil no Rio de Janeiro. 



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.