home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
06/02/13
Brasil é o 6° em déficit comercial no mercado de saúde
País é apenas o 14° exportador de remédios e produtos na área da saúde. EUA e Europa controlam cerca de 60% do mercado
Estado de S.Paulo

O Brasil possui o sexto maior buraco comercial do mundo em relação à saúde. De acordo com dados publicados nesta terça-feira (05) pela Organização Mundial da Saúde e Organização Mundial do Comércio (OMC), o país está importando um volume cada vez maior de remédios e produtos de saúde, mesmo diante dos incentivos do governo para financiar um fortalecimento do parque industrial nacional.

Os dados mostram que, atualmente, os países ricos controlam cerca de 80% do mercado mundial de remédios e produtos de medicina. Apenas EUA e Europa, juntos, determinam 60% do mercado. Os dados apontam também que, com a quarta posição, a China começa a entrar na briga e se aproxima da Suíça, forte exportadora de remédios. Com 0,5% do mercado mundial, o Brasil é apenas o 14º exportador de remédios e produtos de saúde. México possui 1,4% do mercado e Índia, 2,6%.

Mesmo não sendo um grande exportador, o Brasil está entre os nove maiores importadores do mundo. Atualmente, 7% de todos os produtos que o País importa é do segmento da saúde. O resultado da defasagem representou um buraco na balança comercial de US$ 4 bilhões em 2010. Apenas cinco países tiveram um resultado pior, entre eles Japão e EUA. Outros dados mostraram que países em desenvolvimento possuem tarifas de importação superiores às dos países ricos para o setor de saúde.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.