home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
27/02/14
Bueno poderá comprar novas ações e tirar Dasa do Novo Mercado
Nova oferta reforçou a impressão de que haverá também um fechamento do capital da maior empresa de medicina diagnóstica do país
Da redação

O empresário Edson Bueno informou, em nota enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que poderá fazer uma nova oferta para aquisição de ações a fim de retirar a Dasa do Novo Mercado. No setor, a declaração reforçou a impressão de que haverá também um fechamento do capital da maior empresa de medicina diagnóstica do país. As informações são do Valor Econômico.

De acordo com a nota, uma nova oferta será lançada caso a fatia de ações em circulação no mercado seja reduzida para menos de 25% do capital -- mínimo exigido para uma companhia permanecer no mais alto nível de governança corporativa da bolsa.

Atualmente, 30,74% do capital da Dasa está no "free float". Mas esse percentual deve mudar, já que a primeira oferta permanece aberta até o dia 10 de março. 

A maioria dos investidores com fatias relevantes já aderiu à primeira OPA, mas restam dois grandes acionistas que poderão mudar o curso da história: o fundo de pensão Petros e a gestora americana Oppenheimer, que juntos têm 20,10%. Se um deles vender cerca de 50% de suas ações, o percentual no "free float" da Dasa cai para menos de 25%, o que abre espaço para a saída do Novo Mercado.

Para fechar o capital não é necessário adquirir 100% das ações em circulação, sendo que o mínimo exigido é de dois terços. Os sócios minoritários que não venderem tornam-se sócios de uma empresa de capital fechado, mas com pouca influência. Hoje, são 95,8 milhões de ações da Dasa no "free float".

Segundo o comunicado da Dasa, assinado por Pedro Godoy Bueno (filho do fundador da Amil), "serão feitos os melhores esforços para recompor o percentual mínimo de ações conforme exigido pelo regulamento de listagem do Novo Mercado da BM&FBovespa e, caso tal percentual não seja atingido no prazo de seis meses a contar da conclusão da oferta, poderá realizar uma nova oferta pública de aquisição de ações com objetivo de retirar a Dasa do Novo Mercado."

Poucos no mercado acreditam que Bueno fará grandes esforços para continuar nesse segmento especial da bolsa, entretanto, uma vez que acabou de adquirir as ações da Dasa, num conturbado processo, e não faria sentido já vendê-las.

Mesmo que não consiga fechar o capital, Bueno já se posiciona como controlador da Dasa e com grande poder de comando. O empresário poderá ainda indicar a maioria dos conselheiros. Atualmente, a fatia de Bueno, em conjunto com a de sua ex-esposa Dulce Pugliese, é de 66,5%.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.