home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
18/11/11
Descoberta a molécula responsável pelas células tumorais estaminais
Pesquisa desenvolvida por italianos favorece surgimento de novas terapias contra o câncer
Da redação

Um grupo de pesquisadores italianos da Universidade de Pádua, na região do Vêneto, acaba de descobrir a molécula responsável pela evolução das células tumorais em estaminais, por eles chamada de Taz. Até a descoberta, a comunidade científica internacional sabia que as células estaminais tumorais eram as responsáveis pela evolução agressiva dos tumores e da sua regeneração, por serem resistentes à quimioterapia, mas não conhecia a causa. As informações são do jornal La Reppublica.

 

A pesquisa partiu da comparação entre tumores no seio, agressivos a um alto grau histológico, e tumores benignos em estado precoce. “Essa comparação nos revelou a porta de entrada, mas não a chave para entrar, e assim começamos a testar todas as chaves, ou seja, marcadores genéticos que tínhamos à disposição”, explica o professor responsável pela pesquisa, Stefano Piccolo. Taz foi a única “chave” associada ao fenômeno. "À medida que o tumor progride, o número de Taz no órgão tumoral aumenta”, explica o pesquisador.

 

Taz normalmente controla, no embrião, as dimensões dos órgãos, mas nas células tumorais a sua função se degenera, conduzindo as células doentes à metástase, e tornado-as resistentes à quimioterapia. "Pegando as células estaminais tumorais e tirando Taz, elas viraram células tumorais benignas”, relata Piccolo. Ou seja, essas células não eram mais perigosas. “Mas se pegarmos uma célula tumoral não estaminal – continua o professor – e lhe dermos Taz, ela vira uma estaminal tumoral”. Com isso, o grupo de pesquisa concluiu que a molécula Taz é a base do caráter estaminal das células tumorais.

 

A descoberta também responde a outra observação. Muitos pesquisadores já haviam notado que, em determinadas condições, as células tumorais podem demonstrar comportamentos estaminais. "Se o ambiente biológico dessas células facilita a ativação do gene de Taz, eis que a célula tumoral se torna estaminal”, elucida Piccolo.

 

A descoberta, além de favorecer o surgimento de novas terapias, abre importantes cenários de pesquisa. Os pesquisadores de Pádua agora têm como desafio demonstrar o que provoca essa mudança de polaridade na célula e como Taz pode tornar a célula tumoral metastática.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.