home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
22/12/11
Estratégias para promover seu negócio com poucos gastos
Foco no atendimento e ação nas redes sociais são algumas ações que atraem e fidelizam os clientes
Da redação*

Atrair e fidelizar clientes gastando pouco é um desafio para as empresas que não têm muitos recursos para investir em grandes ações de marketing. Para os empreendedores, fortalecer a marca e crescer exige milhões de reais em recursos por ano, porém existem exemplos de empresas que conseguiram estes mesmos objetivos gastando pouco.

 

O foco no bom atendimento poderá gerar um marketing de graça para a empresa. O poder do boca a boca é apontado por especialistas como um fator de atração de clientes. Para isto, é preciso preparar aqueles que terão contato direto com o público. “O que faz fidelizar é o atendimento, o sorriso no rosto. É treinamento e custa pouco”, afirma o coordenador do MBA de Gestão de Marcas da Trevisan Escola de Negócios, Marcos Hiller.

 

Os funcionários também fazem o boca a boca, por isso, precisam ser tão valorizados quanto os clientes.  “O colaborador, junto com o cliente, é o nosso principal parceiro. Precisamos valorizá-lo”, disse à Diagnóstico a sócia-fundadora do Laboratório Sabin, Sandra Costa.

 

Outra dica dada pelos consultores, diz respeito às ações de relacionamento. Os especialistas indicam estratégias direcionadas ao público-alvo ao invés da propaganda massiva. Além disso, a criação de cartões de fidelidade com descontos também podem ser uma alternativa.

 

O estabelecimento de parcerias com novos clientes é outra estratégia usada pelos empresários. O Labforte é um exemplo bem-sucedido de iniciativa de associativismo no setor de laboratórios na Bahia. Atualmente, o grupo conta com 39 pequenos empresários espalhados pelo interior da Bahia, que conseguem competitividade no mercado. “Sabíamos que sozinhos seríamos engolidos pela concorrência ou fecharíamos as portas por falta de fôlego”, contou o dono do Laboratório LABO, em Vitória da Conquista, Onildo Filho.

 

Online - Para o consultor e autor do blog Clínica de Marketing Digital, Sílvio Tanabe não é preciso ser uma grande empresa para investir tempo nas redes sociais. “Não depende do porte da empresa. O que preciso é ter planejamento prévio e identificar quem são os seus públicos de interesse e onde eles se concentram”, afirma. Ele ainda continua: “Atuar em redes sociais pode se constituir um forte diferencial para o segmento de saúde devido ao interesse do público em ter mais informações e orientações sobre tratamentos”.

 

"As redes sociais são mais uma munição no processo de comunicação de marketing. É mais envolvente, mais barato e mensurável”, conta Hiller Ele ainda dá dicas para descontos para quem faz check-in no Foursquare em seu estabelecimento ou que a empresa tenha uma fanpage no Facebook e uma conta no micro-blog Twitter.

 

Por fim, é preciso agregar valor à marca. Uma alternativa é usar o e-mail marketing nesta tarefa anunciando promoções ou dicas relacionadas ao seu negócio. “A empresa devota apresenta a necessidade de ser gerida com base em valores como poderosa arma para o crescimento e desenvolvimento” opina o Paulo Lopes, CEO do Grupo Organiza, empresa de consultoria com sede em Salvador.

 

*Com informações do Portal Exame.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.