home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
06/02/13
Fila por próteses chega a 4.500 pacientes em Ribeirão Preto
Problema se arrasta desde 2001 e, na maioria dos casos, aparelhos só são fornecidos após ações ingressadas na Justiça
Folha de S. Paulo

Aproximadamente 4.527 pacientes em Ribeirão Preto e de cidades vizinhas que dependem da rede pública de saúde ainda estão na fila de espera para receber próteses e órteses. E isso, mesmo com as ações judiciais sucessivas contra o Estado.

O problema de filas para próteses e órteses se arrasta desde 2001. Na maioria dos casos, o aparelho só é fornecido após ações ingressadas na Justiça. Na última delas, em março de 2012, o Tribunal de Justiça de São Paulo obrigou o Estado a atender 1.937 pacientes. 

Alguns deles estavam na fila de espera desde 2009. Mesmo depois das ações, novas demandas surgiram. O atual volume, de acordo com os cálculos do Ministério Público Estadual de Ribeirão, é de 4.527 pacientes ajuizadas no ano passado. Uma delas exige do Estado o fornecimento de órteses auditivas para 3.000 pessoas.

No processo mais recente, em outubro, a fila projetada é de 1.527 pessoas, para próteses e órteses em geral, como as de pernas e braços. De acordo com Sebastião Sérgio da Silveira, promotor e autor de duas ações, o número de implantes de órteses e próteses é menor que a demanda, e por isso existe uma natural expectativa de que tal a fila continue a crescer sem qualquer possibilidade de solução administrativa.

Na mesma ação, Silveira cita que é recorrente buscar a Justiça para garantir atendimento diante da falta de perspectiva de solução administrativa para o grave problema.

Assim, pacientes chegam a esperar meses para serem atendidos. Em Ribeirão, o aposentado José Marcos Rodrigues dos Santos, 68, luta há 43 anos contra artrite reumatoide, doença que causa inflamação nas articulações. Sem plano de saúde, Rodrigues enfrentou três cirurgias de implante de próteses e quase dois anos de espera.

Outro lado - A Secretaria de Estado da Saúde disse através de nota que, em relação às órteses auditivas, o governo já recorreu da decisão, "visto que depende de recursos do Ministério da Saúde para efetuar a compra dos aparelhos". Para a região, por mês, são adquiridos no máximo 55 novas órteses auditivas, "o que é insuficiente para atender toda a demanda da região". O ministério não se manifestou.

Em relação à ação mais recente, das próteses e órteses em geral, o Estado diz que ainda não foi notificado e por isso não se manifestará.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.