home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
23/04/13
FQM compra SKL Pharma e entra no segmento dos probióticos
Grupo é a 18ª maior farmacêutica do país e, com a aquisição, pretende crescer 26% em 2013. Mercado desses medicamentos movimenta cerca de 20 bilhões de reais em todo o mundo
Valor Econômico

O grupo FQM, dono dos laboratórios Farmoquímica e Herbarium, anunciou a compra do SKL Pharma, indústria especializada no segmento de probióticos - medicamentos com as bactérias benéficas ao intestino -, mercado que, segundo relatório Global Industry Analysis feito pela Transparency Market Research (TMR), movimenta cerca de 20 bilhões de reais em todo o mundo. As informações são do jornal Valor Econômico desta segunda-feira (22).

De acordo com a reportagem, o FQM já tentava produzir esses produtos em laboratórios, mas encontrava dificuldades em liberá-los na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Segundo o presidente do grupo, Marcelo Geraldi, os probióticos são bastante utilizados no apoio a tratamentos de pacientes internadas e, além de reconstruir a flora intestinal, ajudam a melhorar a imunidade. 

A SKL possui cinco marcas em seu portfólio aprovadas pela Anvisa e era o único laboratório capaz de produzir uma linha dos medicamentos, que interessava para o FQM. Segundo Geraldi, o SKL Pharma já possuía em seu portfólio cinco marcas aprovadas pela Anvisa, e era consideradio o único laboratório no país capaz de produzir uma linha dos medicamentos que interessavam ao FQM.

Como os grandes laboratórios ainda não possuem uma linha especializada nesse segmento, segundo Geraldi, o grupo criou uma marca - a Invictus - para facilitar o reconhecimento pelo consumidor. De acordo com a reportagem, com a aquisição, o grupo pretende crescer 26% neste ano. Em 2012, a receita bruta da companhia somou 500 milhões de reais, o FQM é o 18º maior grupo farmacêutico do país, segundo ranking do IMS Institute.

Para o presidente do grupo, a FQM está saindo na frente e focando em medicamentos com receita. "Queremos criar a primeira marca que o médico indique e o consumidor associe como a de probióticos no Brasil". Os medicamentos não serão diretamente vendidos nas prateleiras das drogarias, como os da Herbarium, mas atrás do balcão e com receita médica.

Além dos probióticos, o laboratório também irá fabricar remédios simbióticos, que além das bactérias trazem fibras que as alimentam e estimulam seu crescimento mais rapidamente. As bactérias serão importadas em forma de cepas, principalmente dos laboratórios Du Pont e Danisco.

*As informações são do Valor Econômico.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.