home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
20/12/12
GE Healthcare aposta em alta do PIB e estuda novas aquisições
Empresa vai produzir equipamento de raios-x na unidade de Contagem, em Minas Gerais. E até 2015, pretende fazer investimentos mundiais da ordem de US$ 6 bi
Da Redação, com informações do iG

A GE Healthcare expandiu sua atuação no Brasil devido à entrada das famílias de menor poder aquisitivo no setor privado de saúde – o que tem criado aumento na demanda pelos serviços. Porém, os resultados da companhia neste ano podem ser penalizados devido ao baixo crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e a alta do dólar. Segundo Rogério Patrus, presidente da divisão para a América Latina, 2012 foi um bom ano para os negócios. “Mas acreditamos que 2013 será ainda melhor”, disse.

A aposta de Patrus está ligada à expansão do PIB. Segundo o executivo, o crescimento da GE Healthcare costuma ser o dobro da alta percebida durante ano. Portanto, se o PIB deste ano encerrar em 1% – previsão do Banco Central –, a GE Healthcare apresentará um crescimento de apenas 2%, inferior ao de 2011 – quando o PIB apresentou alta de 2,7% e a empresa 5,4%.

E as expectativas são otimistas para 2013. Recentemente, segundo Patrus, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a GE Healthcare a iniciar a produção de arcos cirúrgicos (equipamento de raios-x), na fábrica de Contagem, em Minas Gerais. De acordo com o executivo, a empresa está atenta às necessidades dos mercados emergentes, que buscam produtos de baixo custo e alta qualidade. 

E por isso a GE Healthcare tem desenhado os equipamentos para esse mercado. “Nossa próxima ampliação será para a produção de equipamentos de ressonância magnética”, completa o presidente, que espera fabricar os equipamentos ainda no primeiro trimestre de 2013.

Ainda segundo o executivo, o aumento na produção da unidade de Contagem, que faz parte de um investimento de US$ 50 milhões, deve abastecer alguns países da América Latina. “O Brasil é o mercado mais importante, mas temos que estar de olho em todos os países, que tem apresentado taxas de crescimento interessantes como, por exemplo, a economia argentina que deve mostrar alta de 4% neste ano”, destaca.

Para a entrada de sete linhas de produtos, a GE Healthcare também já realizou o pedido de certificação local nos países da América Latina. “Com as linhas produzidas até agora no Brasil, já quadruplicamos a produção da unidade de Contagem”, diz Patrus. 

Aquisições – Em 2012, a GE Healthcare mostrou que estava interessada no crescimento inorgânico. Realizou a compra da XPRO – fabricante brasileira de raios-x – em julho, e analisam a compra de outras três empresas que interessam á companhia. A companhia já comunicou também que, até 2015, pretende fazer investimentos mundiais da ordem de US$ 6 bilhões, e que uma parte pode estar reservada para novas aquisições na América Latina.

Com ênfase em cardiologia, neurologia e radiologia, a XPRO é responsável por 35% desse mercado no país. Segundo Patrus, uma grande empresa que não tinha presença internacional e que trabalha com equipamentos que tem forte oportunidade de crescimento.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.