home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
19/03/15
Hospital São Paulo capta verba da iniciativa privada
Incentivo do Pronon permite que empresas revertam 1% do imposto de renda devido para determinadas iniciativas. Recurso será utilizado em programa de tratamento do câncer ocular
Valor Econômico

No ano em que o governo está reduzindo os repasses para as universidades federais em cerca de 30%, o Hospital São Paulo - Hospital Universitário da UNIFESP, é o primeiro a conseguir a aprovação de um projeto que utiliza recursos da iniciativa privada para a manutenção de um programa de tratamento de câncer ocular. As informações são do Valor Econômico.

Até então, os investimentos privados na unidade tinham como objetivo a construção de novas alas ou compra de equipamentos médicos. Mas a grande dificuldade do Hospital São Paulo é levantar recursos para despesas como folha de pagamento e contas de água e luz, linha de balanço que apresenta déficit mensal de aproximadamente R$ 3 milhões. 

Para custear o tratamento de pacientes com câncer no olho, o departamento de oncologia ocular do hospital universitário está levantando verba através do Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon), do Ministério da Saúde. O incentivo permite que as empresas revertam 1% do imposto de renda devido para determinadas iniciativas para tratamento de câncer. 

O médico Rubens Belfort Neto, chefe do setor de oncologia ocular da Unifesp, explica que o dinheiro será destinado para a assistência de pacientes de São Paulo e Amazonas, além de treinamento de médicos. O projeto é orçado em R$ 2,2 milhões, mas até o momento a Unifesp só conseguiu 30% desse valor através de doações dos laboratórios Allergan, Novartis e Cristália. 

Para levantar o restante dos recursos, Belfort Neto diz que corre contra o tempo, já que o prazo para obter o dinheiro através do Pronon termina no final deste ano. O médico afirma que está "batendo à porta de empresas e bancos", mas nem todos ainda entendem que podem doar o imposto devido para esse tipo de projeto. 

O governo federal já autorizou uma renúncia fiscal de até R$ 1,3 bilhão para projetos ligados a oncologia e pessoas com deficiência. Criado em 2013, no primeiro ano o Pronon captou R$ 81,3 milhões. 

Ainda de acordo com Belfort Neto, o recurso privado possibilitará o aumento no número de novos atendimentos dos atuais 350 para 700 por ano. Além disso, com os recursos do Pronon, segundo o médico, será possível adquirir equipamentos mais modernos e eficientes e contratar um médico anestesista. "Com isso, vamos aumentar o número de cirurgias de três para oito por semana e o tempo de espera da primeira consulta cairá de seis para duas semanas", enumerou. 

Referência entre os hospitais universitários, o Hospital São Paulo conta com 770 leitos e possui um orçamento mensal de R$ 21 milhões. No entanto, todos os meses a unidade apura um déficit de cerca de R$ 3 milhões devido à defasagem na tabela de repasse do SUS. 

As informações são do Valor Econômico.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.