home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
03/05/13
Lucro do Fleury cai 32%, mas grupo prevê melhoras no 2º semestre
Rede de medicina diagnóstica teve lucro líquido de 21,6 milhões de reais no primeiro trimestre. Gastos com expansão e baixo crescimento do setor de planos de saúde afetaram o resultado
Reuters

Rio de Janeiro - Pressionada por custos e uma alta base de comparação com relação ao ano anterior, a rede de medicina diagnóstica Fleury teve um recuo de mais de 30 % em seu lucro líquido, no primeiro trimestre de 2013. De acordo com o diretor de relações com investidores, João Patah, o grupo espera uma melhora na rentabilidade a partir do segundo semestre. A melhora das margens se dará através de um melhor aproveitamento da estrutura de custos atual. O executivo afirmou que, se o ambiente macro ajudar, melhor ainda, mas a rede não pode contar só com isso.

O Fleury teve lucro líquido de 21,6 milhões de reais no primeiro trimestre, um recuo de 32,1 % na comparação com o mesmo período do ano anterior. Além da forte comparação trimestral - um ano antes o lucro tinha crescido 16 % sobre 2011 - o menor número de dias úteis e os custos também pressionaram o resultado do Fleury, disse Patah. Entre janeiro e março, os custos dos serviços prestados foram de 300,6 milhões - 76,4 % da receita líquida -, ante 258 milhões de reais um ano antes.

Segundo Patah, o aumento dos quadros da operação, com a contratação de mais médicos, serviços de call center e atendimento explica o impacto. "Criamos uma estrutura mais robusta para usufruir em 2013", disse o executivo. Para 2014, a rede ainda se prepara para um novo ciclo de expansão de unidades de atendimento e os investimentos, previsto para 2013, serão na construção e reforma das unidades. Dentro deste ciclo de expansão, o Fleury lançou, em março, em São Paulo uma nova unidade da marca "a+". 

Na comparação anual, no primeiro trimestre, a receita líquida subiu 12 %, a 393,6 milhões de reais. Já o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) caiu 5,4 % na mesma base de comparação, a 73,2 milhões de reais. A margem caiu de 22 % para 18,6 %.

*As informações são da Reutes.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.