home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
25/04/16
Mater Dei inaugura Hospital Integrado do Câncer, em Belo Horizonte
Primeiro hospital privado neste formato em Minas Gerais, unidade pretende se tornar o melhor centro médico do Brasil até 2020
Da redação

Referência em tratamento médico-hospitalar em Minas Gerais, a Rede Mater Dei de Saúde inaugurou, nesta segunda-feira (18), o Hospital Integrado do Câncer. Fazendo parte do complexo do Mater Dei Contorno, a unidade contém fluxos e atendimento exclusivos para o tratamento dos pacientes oncológicos.

Primeiro hospital privado neste formato em Minas Gerais, o Hospital Integrado do Câncer tem como Visão “ser o melhor centro do Brasil, até 2020, para o diagnóstico, tratamento e acolhimento a pacientes com câncer”, atendendo de forma diferenciada e humanizada aos pacientes e seus familiares. Ele está inserido em uma estrutura de Hospital geral multidisciplinar e de multiespecialidades. Dessa forma, caso seja necessário que médicos de outras especialidades, como mastologista, ginecologistas, urologistas e outros, participem do tratamento, imediatamente, poderão ser mobilizados para atender às necessidades do paciente. 

O Hospital foi idealizado a partir da demanda dos clientes oncológicos da Rede Mater Dei de Saúde. Só em 2015, foi mais de 25 mil atendimentos a pacientes com câncer – 59,5% mulheres e 40,5% homens - sendo cerca de 5 mil de urgência. Os cânceres de mama e próstata foram os mais prevalentes.   

A Organização Mundial de Saúde - OMS prevê um aumento de 75% dos casos de câncer em escala mundial. A Organização calcula que 43% das mulheres e 48% dos homens terão algum tipo de câncer ao longo de sua vida e, até 2030, ocorrerão cerca de 21,4 milhões de novos casos com cerca de 13,2 milhões de óbitos. Os dados do Instituto Nacional de Câncer - Inca apontam anualmente quase 600 mil novos casos da doença no Brasil, mais de 60 mil em Minas Gerais. Em Belo Horizonte e região metropolitana a estimativa, segundo o Inca, é de cerca de 20 mil novos casos de câncer neste ano. 

“Diante de todo o cenário, a Rede Mater Dei de Saúde integrou os recursos mais avançados para o tratamento da doença aos serviços de diagnósticos de excelência, que já eram realidade no Centro de Oncologia da Rede, para criar o Hospital Integrado do Câncer. Assim, oferecemos ao paciente oncológico um tratamento diferenciado, com todos os recursos da Rede, a fim de garantir a segurança, agilidade e conforto, facilitando os fluxos para o melhor desfecho assistencial. Um complexo que vai atender todas as necessidades dos pacientes”, explica o presidente da Rede Mater Dei de Saúde, Henrique Salvador.

Com capacidade para mais de 3.400 atendimentos por mês, o Hospital Integrado do Câncer conta com fluxo organizado de acordo com as etapas de acompanhamento, diagnóstico, consultas, exames e decisões clínicas. Um cartão de identificação exclusivo permite o acompanhamento dos pacientes em todos os serviços do Hospital pelas equipes assistenciais e de apoio.  

No Hospital Integrado do Câncer, os clientes receberão os cuidados de equipes médica e de enfermagem diferenciadas e especializadas, com o apoio do Mater Dei Medicina Diagnóstica, um parque completo de exames de diagnóstico, em um único andar, diminuindo a necessidade de deslocamento e facilitando as demandas de exames. Além disso, em um andar acima está localizado o Centro Cirúrgico e, um andar abaixo, o Centro de Terapia Intensiva – CTI e a nova unidade de Transplante de Medula Óssea - TMO, otimizando o fluxo dentro do Hospital.

“A criação do Hospital Integrado do Câncer da Rede Mater Dei completa um processo de organização e construção do Centro de Oncologia com a conjunção de uma estrutura de ponta e equipes multidisciplinares estabelecidas no tratamento do câncer, em que o processo decisório da condução assistencial atinge um grau máximo de eficiência e segurança, individualização e humanização de todo o planejamento terapêutico”, afirma o coordenador do Hospital Integrado do Câncer, o médico Enaldo Melo de Lima.  

O Hospital Integrado do Câncer conta ampla estrutura física, planejada dentro dos padrões mundiais de praticidade e conforto, com garantia de segurança para o atendimento e tratamento oncológico. O complexo possui oito consultórios e 52 quartos individuais para infusão quimioterápica. Os exames são realizados em equipamentos de ponta como a Ressonância 3 tesla, a Tomografia de 128 canais, e um único local para fazer os exames como o de Raio-X, laboratoriais, dentre outros.  

O pioneirismo tecnológico do Hospital Integrado do Câncer, com o suporte do Mater Dei Medicina Diagnóstica, traz, ainda, o que há de mais moderno na Medicina Nuclear para diagnóstico e monitoramento de tratamentos oncológicos, o PET-CT. O aparelho possui baixa exposição de dose de radiação para o paciente, melhor controle de captação de lesões existentes e possibilita monitorar a efetividade dos tratamentos oncológicos, como quimioterapia, imunoterapia e radioterapia. Uma tecnologia que detecta lesões e pequenos tumores que só seriam observados em diferentes exames. 

O complexo oferece programas de prevenção, diagnóstico e tratamento e inclui, ainda, as áreas de Onco-hematologia, Clínica de Dor, Onco-hematologia, a Cardio-Oncologia, uma inovação no Brasil, Oncogenética, Check-up Oncológico, do Serviço de Anatomia Patológica, do Laboratório de Análises Clínicas e a Unidade de Transplante de Medula Óssea – TMO.  

E, completando o ciclo de serviços oncológicos, o Hospital Integrado do Câncer Mater Dei tem o Pronto-socorro Oncológico. Inaugurado em junho de 2015, é o primeiro de Minas Gerais, o segundo do país e busca suprir uma das maiores carências do setor em todo o país, permitindo o atendimento rápido às urgências oncológicas. O Serviço funciona todos os dias, 24 horas, para atendimento adulto e pediátrico de emergências oncológicas advindas do tratamento ou evolução da doença.

Com estrutura diferenciada e equipe especializada e multidisciplinar, o Pronto-socorro Oncológico atende a todos os níveis de complexidade oncológica, como neutropenia febril (baixa de imunidade com quadro de febre associada), dor tumoral, toxicidades e complicações imediatas nas primeiras 24 horas e tardias do tratamento sistêmico e radioterápico ambulatorial, além de pacientes em cuidados suportivos e paliativos com necessidade específica de atendimento emergencial. Vale ressaltar que o Serviço está aberto para atender a pacientes, em caso de urgência oncológica, que realizam tratamento na Rede Mater Dei de Saúde ou em outros serviços da cidade.

O Hospital Integrado do Câncer prioriza a cultura de segurança assistencial voltada para prevenção, controle e redução dos riscos no ambiente hospitalar, identificando, de forma contínua, as necessidades de melhorias no processo e proporcionando sempre uma assistência segura e de qualidade para o cliente.
  
Para os pacientes oncológicos e seus familiares que necessitam de um tratamento holístico, o Hospital Integrado do Câncer os acolherá nas diversas necessidades e fases de tratamento. Uma iniciativa que contempla a filosofia de atendimento diferenciado, personalizado e humanizado do Mater Dei, sendo fiel à sua missão do compromisso com a qualidade pela vida. 



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.