home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
23/09/15
Médico recebe voz de prisão após recusar atendimento
Segundo o profissional, unidade não tinha mais condições para receber pacientes. Caso aconteceu no Hospital de Base do Distrito Federal
Da redação

Um médico que estava de plantão no Hospital de Base do Distrito Federal negou atendimento a um paciente e recebeu voz de prisão. Segundo o profissional, na ocasião a unidade não tinha mais condições para receber pacientes. "Está faltando tudo. Eu quero sumir daqui", desabafou. Com informações do G1 e R7.

O caso ocorreu no último sábado (19), após o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal ter levado à unidade um homem que havia caído de um viaduto. 

Alertados sobre a falta de médicos na unidade, a única na região que atende traumas, os bombeiros insistiram. Com a recusa, o médico recebeu voz de prisão por um dos bombeiros, por desacato. Em seguida, ele aceitou atender o paciente, que não resistiu aos ferimentos e morreu três horas depois.

De acordo com uma testemunha que estava no local, o médico se recusou a receber o paciente por não haver material nem profissionais para realizar o atendimento. Além disso, não havia vaga porque a sala onde ficam os pacientes graves estava lotada.

De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, no dia do ocorrido a semi-uti do Hospital de Base operou acima da capacidade. A secretaria disse ainda que o médico se exaltou devido à impossibilidade de receber novos pacientes.

Clique aqui e assista ao vídeo.



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.