home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
10/01/14
Novartis e Merck trocarão ativos avaliados em US$ 5 bilhões
Objetivo das empresas é focar nas áreas de negócios em que cada uma delas é a mais forte
Da redação

São Paulo - A fabricante de medicamentos suíça Novartis e sua concorrente americana Merck negociam uma troca de ativos avaliada em US $ 5 bilhões, A operação envolveria a troca das áreas de saúde veterinária e de vacinas da Novartis pela unidade de remédios de balcão para saúde pessoal da Merck. A transação, contudo, ainda não estaria totalmente acertada. Com informações do Valor Econômico e agências internacionais.

O objetivo das empresas é focar nas áreas de negócios em que cada uma delas é a mais forte. Com a operação, a Novartis, dona do Triaminic (contra resfriados) e do Lamisil (antifúngico), poderia completar seu portfólio de medicamentos de balcão com itens da Merck, dona do protetor solar Copertone e do antialérgico Claritin. 

Já a Merck, que atua no setor de saúde veterinária, poderia ganhar maior relevância neste mercado, enquanto deixa o negócio de medicamentos de balcão, com pouca relevãncia nos resultados.

Caso se concretize, o negócio poderá seguir uma tendência no mercado farmacêutico global. A Pfizer se desfez das suas unidades de saúde e nutrição de animais para se concentrar em novos medicamentos de marca. 

Já Bristol-Myers vendeu, no mês passado, sua participação em uma associação em diabetes para aumentar suas apostas sobre o câncer. No ano passado, Abbott dividiu sua unidade de medicamentos com prescrição em uma nova empresa, a AbbVie.

NOVARTIS É ACUSADA DE MANIPULAR PESQUISA NO JAPÃO

No Japão, a Novartis pode enfrentar investigação por ter anunciado benefícios do uso de um medicamento baseado em pesquisas falsas. As informações são da Exame.

De acordo com informações do jornal The New York Times, a denúncia, feita pelo Ministério da Saúde do país, revela que panfletos distribuídos a médicos informariam que estudos haviam comprovado que a droga Diovan, utilizada para controlar a pressão arterial, ajudaria também a prevenir doenças cardíacas. 

Entretanto, em 2013, universitários afirmaram que funcionários da Novartis estariam envolvidos nessas pesquisas clínicas e que os dados seriam suspeitos. Ainda de acordo com o veículo, a empresa informou que, na última quinta-feira (01), iria colaborar com as autoridades japonesas e teria comprovado a presença de seus funcionários nos estudos, mas negado o conhecimento sobre o mau uso dos dados.

A Novartis também teria argumentado que resultados semelhantes ao da pesquisa haviam sido encontrados em outros países. O Japão, porém, não reconhece dados clínicos estrangeiros. 

Essa é a segunda investigação que a Novartis enfrenta em uma semana. Nos Estados Unidos, a companhia é acusada de supostamente ter subornado outra empresa farmacêutica, em Nova York, para promover o medicamento Exjade. O remédio é usado para tratar o excesso de ferro no sangue. O processo está sendo movido pelos estados norte-americanos. 



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.