home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
25/11/13
Novartis prepara reestruturação na forma de parcerias
Joe Jimenez, Diretord geral do grupo farmacêutico anunciou recompra de ações no valor de US$ 5 bilhões e novas aquisições
Da redação

O diretor geral do grupo farmacêutico suíço Novartis, Joe Jimenez, sinalizou, na última sexta-feira (22), que as operações da companhia nos próximos meses para os setores de vacinas e produtos de saúde serão, provavelmente, vendidas ou reestruturadas na forma de parcerias com outras empresas. Ele também anunciou um programa de recompra de ações de US$ 5 bilhões. As informações são do Valor Econômico.

Ainda segundo o CEO, a Novartis esta disposta a gastar mais de US$ 5 bilhões em novas aquisições, associado à venda das duas empresas não essenciais, mas sugeriu que a alienação é mais provável. Os comentários surgiram após a venda, pela Novartis, por US$ 1,7 bilhão, da subsidiária no setor de diagnósticos para a Grifols.

Os recursos deverão ajudar a financiar o programa de recompra de ações que será posto em prática pela empresa nos próximos dois anos. Por outro lado, Jimenez reafirmou empenho para as linhas de dermatologia, insuficiência cardíaca, respiratória e em terapia celular para tratamento de câncer.

De acordo com o CEO, os planos para ganhos de produtividade são da ordem de 3% a 4% em valor, até 2015, e fazem parte de uma reestruturação das 100 bases de produção em todo o mundo, que o grupo acumulou por meio de aquisições nos últimos anos.

Jimenez enfatizou que está em busca de novas maneiras de "ganhar escala" para outras operações da companhia, mas que a expansão não será possível. Ele avalia que os alvos de aquisição estão nas mãos de grandes empresas, o que torna o processo muito dispendioso.

Ele também salientou que a Novartis cada vez mais utiliza dados do "mundo real" que revelam o real impacto de seus dos seus medicamentos após o lançamento, para persuadir compradores. 

A Novartis ainda está no meio de uma reavaliação do grande império construído por Daniel Vasella, seu ex-presidente, que lhe proporcionou acesso a uma cesta de medicamentos inovadores e genéricos, e foi completada em 2010 através da aquisição da empresa especializada em oftalmologia, Alcon, por US$ 52 bilhões. "A Novartis chegou a um ponto de inflexão, tendo integrado totalmente a Alcon e reduzido seu endividamento", disse Jimenez.

O CEO acrescentou que o Grupo está aperfeiçoando ainda mais a execução da estratégia de reforçar o valor para o acionista, com base na inovação científica em segmentos de elevado crescimento em cuidados de saúde, "onde detemos a escala mundial, vantagem competitiva e capacitação adequada para vencer".

Analistas do setor reagiram de forma positiva ao anúncio da recompra de ações no equivalente a US$ 5 bilhões pela Novartis. Para Andrew Baum, do Citi, a decisão é um bom começo para melhorar a disciplina de capital. Ele também acredita que é preciso esperar mais retornos em dinheiro depois que a empresa vender alguns de seus ativos não essenciais.

"Embora a reestruturação incipiente e a reorientação do foco da Novartis talvez não produzam o enorme impacto da reestruturação de uma empresa americana, o comunicado de hoje (sexta-feira) reforça nossa confiança em que a saída do ex-presidente elevou a importância do valor para o acionista no grupo", disse Baum.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.