home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
25/11/15
Pfizer compra Allergan em acordo avaliado em US$ 160 bilhões
Operação, que formará a maior farmacêutica do mundo, foi considerada a segunda maior fusão ou aquisição da história e a maior já realizada no setor de saúde
Da redação

Nova York – A farmacêutica multinacional Pfizer, com sede em Nova Iorque (EUA), fabricante do Viagra e do Lipitor, fechou acordo para comprar a irlandesa Allergan, fabricante do Botox, em uma transação avaliada em cerca de US$ 160 bilhões (equivalente a R$ 595 bi). Conforme a consultoria Dealogic, a operação está sendo considerada a segunda maior fusão ou aquisição da história e o maior na história do setor de Saúde. Além disso, a negociação poderá criar a maior farmacêutica do mundo em número de vendas. Com informações do Wall Street Journal, Reuters e G1.

A aquisição fará com que os negócios na área de saúde passem para a primeira colocação, à frente dos setores de energia e tecnologia. Até então, a maior aquisição do setor foi realizada em 1999, quando a Pfizer comprou a Warner-Lambert, por 90 bilhões de dólares, visando ganhar o controle do medicamento contra colesterol Lipitor. 

Ian Read, presidente-executivo da Pfizer, será o presidente-executivo da empresa combinada, junto com Brent Saunders, presidente-executivo da Allergan. Saunders exercerá uma função focada em operações e na integração, conforme informações de fontes do setor. Além disso, a Pfizer deverá transferir a sua sede para a Irlanda, objetivando reduzir o volume de pagamentos de tributos. 

Segundo informações da France Presse, a operação, aprovada pelos conselhos administrativos das duas empresas, prevê que as duas companhias fiquem sob a identidade jurídica da Allergan, que será a matriz depois de a Pfizer ser rebatizada.

Dados da agência Thomson Reuters revelam que as fusões e aquisições no setor de saúde atingiram 460,2 bilhões de dólares, superando o recorde do ano de 392,4 bilhões de dólares em 2014. As fusões em energia ficaram em 572,4 bilhões de dólares e as de alta tecnologia em 514,4 bilhões.

Confira abaixo as dez maiores operações de fusões e aquisições da história, de acordo com a Dealogic:

01) Mannesman e Vodafone: US$ 171,9 bilhões (novembro de 1999)
02) Allergan e Pfizer: US$ 160 bilhões (novembro de 2015)
03) Verizon Wirelles e Verizon Communications: US$ 130 bilhões (setembro de 2013)
04) SABMiller e AB Inbev: US$ 148 bilhões (outubro de 2015)
05) Time Warner e America Online: US$ 112 bilhões (janeiro de 2000)
06) Warner-Lambert e Pfizer: US$ 111 bilhões (novembro de 1999)
07) Philip Morris e acionistas: US$ 111 bilhões (janeiro de 2008)
08) BellSouth e AT&T, 101 bilhões (março de 2006)
09) ABN Amro, Royal Bank of Scotland, Fortis  Bank e Santander: US$ 95 bilhões (abril de 2007)
10) Mobil e Exxon: US$ 85 bilhões (dezembro de 1998)



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.