home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
14/06/17
Plataforma Doutor Já cancelou atuação em São Paulo
Cremesp avisou médicos inscritos no APP que podem perder CRM
Filipe Sousa

O posicionamento do Cremesp quanto ao uso de plataformas médicas digitais não é novidade, mas, agora, o Conselho Regional de Medicina está sendo acusado de impedir o acesso à saúde da população sem plano. 

O Cremesp advertiu os médicos, dizendo que é proibido "o vínculo de qualquer natureza com intermediadoras comerciais de serviços médicos". Segundo o CEO da plataforma Doutor Já, Gustavo Valente, o Conselho Regional enviou sindicâncias, avisando os médicos ligados ao APP com a perda do CRM. "Ou seja, o médico atendeu um paciente doente e ele pode perder o emprego dele", diz Gustavo.

O APP Doutor Já opera em todo o Brasil e só agora encontrou obstáculos, em São Paulo. O diretor executivo da plataforma não encontra uma explicação para o caso particular, embora tenha procurado explicações, mas afirma estar "disposto a lutar por esses médicos,pela população e pela qualidade do atendimento".

O Cremesp diz que a plataforma é acusada de violação do codigo de ética médico, mas, após notificação judicial para obter uma resposta clara, o Cremesp respondeu que o APP "faz publicidade mercantilista que derruba toda a ética médica e gera uma concorrência desleal", explica Gustavo Valente, contrapondo que a plataforma está aberta para todo o médico e que a plataforma agiliza o processo que o paciente normalmente faria para escolher o médico, pesquisando informações. "O preço não é a única informação, mas obviamente pesa na decisão do paciente", afirma Valente.

Com todos os problemas que o SUS atravessa e com os valores pagos pelos planos de saúde, Gustavo Valente acredita que o Doutor Já e as plataformas digitais semelhantes podem desempenhar um papel fundamental para todo o sistema de saúde, ajudando médicos e pacientes.

Gustavo Valente e a plataforma Doutor Já são favoráveis à regulação e querem um debate sobre o tema, mas "caso continuem impondo problemas e empecilhos, iremos para a justiça sim", avisa o CEO da plataforma. 
 



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.