home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
22/10/13
Saúde suplementar tem lucro maior em 2013
Companhias conseguiram um lucro líquido de R$ 1,7 bilhão no primeiro semestre, o que representou 3,5% sobre o faturamento de R$ 50,1 bilhões e retorno médio sobre o patrimônio líquido de 11%
Da redação

O ano de 2013 tem sido de bons resultados para o setor de saúde suplementar. As companhias conseguiram um lucro líquido de R$ 1,7 bilhão no primeiro semestre, o que representou 3,5% sobre o faturamento de R$ 50,1 bilhões e retorno médio sobre o patrimônio líquido de 11%. As informações são do Valor Econômico.

O resultado foi acima do obtido no ano anterior, quando o ganho anual alcançou R$ 2,9 bilhões e 3,1% dos R$ 98 bilhões desembolsados pelos beneficiários das oito modalidades de empresas envolvidas na venda de planos de saúde. Por outro lado, de acordo com um estudo da consultoria Siscorp, as operadoras devolveram R$ 79,4 bilhões (82% dos valores arrecadados) em eventos médicos e odontológicos.

Dados da Agência Nacional de Saúde (ANS) informam que há no Brasil 48,6 milhões de pessoas com planos de saúde e 18,6 milhões com planos odontológicos. De acordo com Marcio Coriolano, presidente da Bradesco Saúde e da Federação Nacional das Empresas de Saúde Suplementar (FenaSaúde), que representa 15 das 29 operadoras de saúde, o setor de saúde suplementar representa metade do faturamento da indústria de seguros. "Enquanto se vende praticamente R$ 100 bilhões em planos de saúde, todos os seguros (carro, casa, empresariais, riscos financeiros, vida e previdência) movimentam os outros R$ 100 bilhões", completa.

As associadas foram responsáveis por 371 milhões de procedimentos em 2012 segundo Coriolano. O desembolso para arcar com esses eventos somou R$ 30,1 bilhões. Entretanto, o fato é que a saúde privada está entre os principais anseios da população, assim como as principais queixas do consumidor. Segundo uma pesquisa realizada pelo Datafolha, contratada pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), em 2013, o plano de saúde é o terceiro desejo da população, logo após educação e a casa própria.

É também uma indústria que vem chamando a atenção de investidores, apesar das dificuldades. A aposta é que haverá uma nova onda de consolidação do segmento, que conta com 1,5 mil operadoras responsáveis pela oferta de mais de 55 mil planos de saúde. Entre janeiro e julho, a consultoria PwC registrou dez transações na área de saúde. A aquisição de 90% da Amil pela operadora americana United Health, em uma transação que envolveu quase R$ 10 bilhões, em 2012, despertou os investidores sobre o potencial ganho que este mercado, mesmo fortemente regulado pelo governo, pode proporcionar. 



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.