home notícias Mercado e Negócios
Voltar Voltar
11/12/14
Setor de equipamentos terá alta de 10%, dizem entidades
Paulo Fraccaro, superintendente da Abimo: avanço também será puxado por uma maior demanda por serviços médicos e odontológicos
Folha de S. Paulo

As vendas da indústria de equipamentos para o setor de saúde deverão terminar o ano com um crescimento de aproximadamente 10%, conforme as associações que representam o setor. As informações são da Folha de S. Paulo.

De acordo com Carlos Goulart, presidente­executivo da Abimed, que reúne as empresas de alta tecnologia, a retração da economia não costuma afetar o mercado médico­hospitalar. Para Goulart, a população está envelhecendo e as inovações são constantes. Para o número de equipamentos vendidos, a entidade projeta uma elevação de 9,6%.

Segundo a Abimo, que representa os fabricantes nacionais, o avanço também será puxado por uma maior demanda por serviços médicos e odontológicos.

Paulo Fraccaro, superintendente da associação, afirmou que, apesar do atual quadro ruim da economia, a saúde conseguiu manter o seu fluxo. Fraccaro disse ainda que há também grande procura por tratamentos preventivos, em especial entre os que têm planos de saúde.

Também ajudaram o setor a ganhar produtividade as medidas adotadas pelo governo federal, como a desoneração da folha de pagamentos e a adoção de margens preferenciais. Para 2015, a Abimed projeta um crescimento nas vendas de 7%. Já a Abimo espera uma alta de 7% a 10%

Fraccaro disse ainda que há muita incerteza com relação à economia e que o orçamento do Ministério da Saúde deverá ser praticamente igual ao de 2014, o que significa uma redução, se levar em conta a inflação do período.

Abimo: implantes e odontologia crescem acima da média
Entre os segmentos que compõem a indústria nacional de equipamentos para a saúde, as maiores altas neste ano, segundo a Abimo, são os de implantes e odontologia terão 

As vendas de implantes fecharão 2014 com um incremento de 17,2% em relação a 2013. Para os materiais de odontologia, o avanço é projetado em cerca de 13,8%.

Segundo Fracaro, o crescimento dos implantes e próteses está muito ligado ao aumento de acidentes de trânsito, que subiu sucessivamente nos últimos cinco anos, de acordo com dados do SUS. Em 2013, a alta foi de 7% nas internações.

Ainda segundo a Abimo, com relação à balança comercial da indústria de equipamentos de saúde, as exportações deverão crescer 11% em 2014. No entanto, o deficit do setor, que em 2013 foi de US$ 4,1 bilhões, deverá subir este ano para US$ 4,6 bilhões (cerca de R$ 12 bi).

A lei sancionada em novembro, que deu isonomia tributária de PIS/Cofins aos produtos nacionais em relação aos importados, vai melhorar o desempenho da balança nos próximos anos, disse a entidade.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.