home notícias Tecnologias
Voltar Voltar
08/11/11
Agfa: "Recife irá alavancar nosso crescimento"
Robson Miguel, gerente de vendas da Agfa Healthcare, conversou com o Portal Diagnósticoweb sobre as estratégias de sinergia da empresa após a aquisição da WPD
Da redação

Dois meses após o anúncio da aquisição de todas as ações da WPD, uma das principais empresas de TI em saúde do Brasil, a Agfa Healthcare divulga estar triplicando sua divisão de TI no país, com uma estratégia de investimentos para tornar o Brasil seu quarto centro de Pesquisa e Desenvolvimento mundial nos produtos da área, além de tornar a unidade brasileira um centro de inovação para abastecer toda a América Latina. Com o processo de estruturação da fábrica em Recife ainda em andamento, o gerente de vendas da Agfa Healthcare, Robson Miguel, conversou com o Portal Diagnósticoweb.

 

Diagnósticoweb – Como está o processo de sinergia entre as operações da WPD e da Agfa Healthcare?

Enxergamos um grande potencial de crescimento no Brasil e a aquisição da WPD foi estratégica. Estamos triplicando a estrutura da divisão de TI no país, tínhamos 50 profissionais e agora passamos a contar com quase 200 pessoas. Com a sinergia de produtos, esperamos crescer nosso portfólio. Temos um arsenal de produtos bastante potente na Europa que ainda não foram trazidos para o Brasil. A fusão vai possibilitar um fortalecimento de nossa atuação no país, unindo o melhor das duas companhias. Além de marcar nossa entrada no mercado de sistemas de informação hospitalar, também vamos fortalecer nossa posição nos segmentos de sistemas de diagnóstico por imagem e TI na radiologia.

 

Diagnósticoweb – A Agfa planeja transformar o Brasil no seu quarto centro de Pesquisa e Desenvolvimento mundial nos produtos de Tecnologia da Inovação, além de tornar a unidade brasileira um centro de inovação para abastecer toda a América Latina. Quais estratégias vem sendo adotadas?

Estamos trabalhando para que o Brasil seja nosso quarto centro de pesquisa e desenvolvimento mundial nos produtos de TI, junto com Canadá, Bélgica e Alemanha. Para isso, estamos reorganizando o ambiente atual da WPD e toda a área de pesquisa e desenvolvimento que está em Recife. Estamos fazendo uma redistribuição das equipes para poder suportar essa nova fase. Agregado a isso, estamos trazendo também recursos de fora. A fábrica de software de Recife será gerenciada por Evgueni Loukipoudis, belga e PHD em Ciência da Computação. Ele será responsável por desenvolver essa nova estrutura aqui no Brasil, trazendo metodologias, a cultura e a filosofia de trabalho das outras fábricas da Agfa para elevar o Brasil ao padrão internacional das outras unidades.

 

Diagnósticoweb – Qual a importância estratégica aqui do mercado do Nordeste nos planos de expansão da companhia?

Recife é um polo importante de formação de profissionais do mercado de tecnologia da informação. Além de ter uma oferta de mão de obra qualificada, a Agfa e a WPD estão muito bem posicionadas no mercado pernambucano. Unimos o útil ao agradável, ou seja, estamos aproveitando uma estrutura que já existia para alavancar nosso crescimento.

 

Diagnósticoweb – Quanto deve ser investido no Brasil na área de pesquisa e desenvolvimento nos próximos anos?

Não há uma cifra exata. O que se tem feito é um esforço, em um primeiro momento, de incorporar recursos humanos a uma qualificação diferente. Estamos contratando médicos, enfermeiros e profissionais do segmento de saúde para fazer parte da equipe de desenvolvimento, para ajudar no desenvolvimento dos produtos. Estamos trazendo recursos de fora para agregar características que já existem nas mais de 900 instalações que nós temos no exterior. Também estamos trazendo produtos com características bastante diferenciadas. Então os investimentos, nesse primeiro momento, são mais voltados para o fortalecimento da estrutura atual e para agregar valores de produtos que nós já temos. Consequentemente, teremos novos investimentos de expansão.

 

Diagnósticoweb – Pode citar alguns desses novos produtos que devem ser trazidos para o Brasil?

Nosso carro-chefe no segmento de gestão hospitalar é o módulo clínico, um sistema de gestão bastante avançado, com recursos de conectividade nos padrões internacionais. Essa seria nossa primeira ação: trazer um módulo de gestão clínica para ser integrado aos módulos oferecidos pela WPD atualmente.

 

Diagnósticoweb – Qual será o foco da Agfa no país?

Já temos uma atuação muito forte na parte de tecnologia da informação, produtos para gestão de exames de imagem. Temos participação importante e grande aceitação do mercado nesse segmento de RIS/PACS. Também atuamos no fornecimento de equipamentos e filmes radiológicos, os CRs. Além disso, estamos entrando no segmento de gestão hospitalar, com os sistemas de informações clínicas. Vamos reforçar nosso portfólio de produtos nas áreas de radiologia e diagnóstico por imagem. Então, a incorporação desses produtos é, realmente, para fortalecer nossa atuação e oferecer um portfólio mais completo aos nossos clientes.

 

Diagnósticoweb – Além da fábrica no Recife, a companhia pretende instalar outras unidades no Brasil?

Temos alguns movimentos de outros segmentos que ainda não foram trazidos para o Brasil. Por exemplo, nós temos um produto em processo de registro, no segmento de contrastes radiológicos. Estamos trabalhando fortemente na entrada neste mercado. Também temos uma linha de campo cirúrgico em processo de registro na Anvisa. Então, dentro dessas novas linhas de produtos, pode haver novos investimentos, dependendo dos estudos que estão sendo feitos.

 

Diagnósticoweb – A Agfa tem interesse em fazer parcerias com instituições do setor médico-hospitalar ou da área de ensino?

Nesse primeiro momento, nós estamos montando um time próprio, com profissionais do segmento, médicos, enfermeiros, farmacêuticos. Gradativamente, vamos buscar empresas que possam nos auxiliar em alguns desenvolvimentos específicos. Temos uma ação que está correndo em paralelo com uma entidade pública, para nos ajudar a adequar o produto para as necessidades do setor. Nós também já temos algumas parcerias na área de infraestrutura, na parte de servidores etc.

 

Diagnósticoweb – A companhia planeja adquirir outras empresas brasileiras, fornecedoras de sistemas de TI na área de saúde?

Depende muito dos estudos que estão em andamento. Se, de repente, para entrar no mercado de contrastes radiológicos seja uma alternativa adquirir uma empresa ou fazer uma parceria, vamos tocar também dentro dessa linha. Ainda não está definido de que forma nós vamos entrar no mercado para esse segmento.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.