home notícias Tecnologias
Voltar Voltar
19/09/13
BRICS: Mercado de tecnologias da área médica deve crescer 11% até 2020
Crescimento da classe média no grupo de países em desenvolvimento é o principal fator da evolução do setor de saúde
Da Redação

Três bilhões de pessoas, cinco países e um mercado no segmento médico que movimenta US$ 28,8 bilhões por ano. Os Brics, grupo de países em desenvolvimento formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, estão no foco do setor de tecnologias voltadas para área médica, que têm uma expectativa de crescimento de 11% neste segmento nos próximos sete anos até 2020.

Os principais fatores para o otimismo do mercado nestes locais são o crescimento da classe média e o aumento da demanda por serviços de saúde de qualidade, além de novas regras do governo que diminuem as barreiras e abrem o mercado para as companhias de tecnologias médicas.

De acordo com  informações do Bricpartner, empresa de pesquisa e consultoria para empresas do grupo, os países do grupo tem diferenças únicas, além de demandas e regras específicas. O Brasil lidera o ranking entre os gastos em saúde por pessoa todos os anos, com US$ 964, seguido da Rússia, US$ 549; África do Sul, US$ 320; China US$ 328 e Índia US$ 56.

Dentro dos países, também há grandes diferenças nos gastos em saúde quando comparados aos países desenvolvidos, onde o sistema de saúde envolve uma cobertura mais uniforme, segundo a Bricpartner. A uniformização dos serviços de saúde também é uma das preocupações dos Brics.

Os países também passam com problemas quanto aos produtores locais de tecnologias médicas. De acordo com o Bricpartner, os produtos ainda são de baixa qualidade nestes locais. 



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.