home notícias Tecnologias
Voltar Voltar
30/01/12
Grupo Delfin adquire seis aparelhos de PET-CT da GE Healthcare
O único grupo no Norte-Nordeste a ter um acelerador de partículas cíclotron para uso médico produzirá seus próprios radiofármacos nos equipamentos
Da redação

O Grupo Delfin, companhia líder no segmento de diagnóstico por imagem na Bahia, anunciou a compra de seis aparelhos de PET-CT inéditos no Brasil, voltados para o detecção de câncer e doenças neurológicas da GE Healthcare. Os equipamentos serão instalados na Bahia, no Hospital Português de Salvador e nas Clínicas Delfin de Lauro de Freitas e Feira de Santana; além da capital do Rio Grande do Norte, no Hospital Papi; e em hospitais que ainda serão definidos no Recife e João Pessoa.

 

“Nosso objetivo é atender às demandas de clínicas e hospitais do Nordeste e nos consolidarmos neste mercado”, afirma Delfin Gonzalez, presidente do Grupo. Os novos aparelhos, Discovery 600 e Optima 560, deverão ampliar o acesso dos pacientes a exames de alta qualidade, que são capazes de promover diagnósticos de vários tipos de câncer e distúrbios neurológicos como Doença de Alzheimer, entre outros. Atualmente, existem quatro equipamentos deste tipo instalados em Recife e Salvador.

 

“Ficamos muito felizes em destacarmos os primeiros modelos produzidos no Brasil para atender a região Nordeste aumentando o acesso da população a mais alta tecnologia no que se refere ao diagnóstico por imagem”, afirmou o vice-presidente da GE Healthcare para América Latina, Daurio Speranzini. O equipamento detecta tumores milimétricos que não pode ser vistos nos demais exames, através de uma técnica que consiste na injeção de substância radioativa fluordesoxiglicose (FDG) obtenção de imagens de todo o corpo.

 

Biofármaco - A companhia também é a primeira no Norte-Nordeste a ter instalado um acelerador de partículas cíclotron para uso médico. A Biofármaco, unidade industrial do grupo em Lauro de Freitas, consumiu um aporte de R$ 60 milhões incluindo a estruturação física e a compra do equipamento importado da Suécia.

 

O cíclotron permite a produção local da substância fluordesoxiglicose (FDG), cuja vida média é de duas horas. Até então, o composto era trazido diariamente da região Sudeste e levava cerca de seis horas para chegar aos laboratórios.

 

O radiofármaco produzido pela Biofármaco será utilizado nos novos equipamentos da GE Healthcare, que foram adquiridos pelo grupo.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.