home notícias Tecnologias
Voltar Voltar
26/10/11
Empreendedor baiano é vice-campeão em disputa internacional
Estácio Ramos concorreu ao Health Pitch Battlefield com um projeto de teste de compatibilidade sanguínea
Reinaldo Braga

O médico, empreendedor e pesquisador baiano Estácio Ramos foi vice-campeão do desafio Health Pitch Battlefield, realizado na última segunda-feira (24), em Londres. Das 15 tecnologias que foram selecionadas dentre milhares de projetos, protótipos e novas técnicas oriundas de 300 universidades, centenas de empresas e centros de pesquisa de todo o mundo, cinco foram na área da saúde; e as demais nas áreas de segurança e energia. 

 

Ramos, que concorreu com um projeto de um teste de compatibilidade sanguínea, batizado de iMatch®,  foi um dos cinco finalistas do desafio tecnológico global OmniCompete, organizado por investidores, governos, militares e indústrias da Europa e dos Estados Unidos. O pesquisador apresentou simultaneamente uma segunda tecnologia batizada de iTest®, para a imediata identificação de doenças transmissíveis em potenciais doadores de sangue em situações de emergência. 

 

“Foi uma ‘batalha’ de alto nível, como se esperava. Estou muito feliz”, disse ao Portal Diagnosticoweb, de Londres, o pesquisador baiano. Ele explica que o mais chamou a atenção da banca examinadora, composta por alguns dos maiores cientistas do mundo, foi a aplicabilidade do invento, que pode salvar milhões de vidas e ser usado em situações extremas, a exemplo de guerras, grandes flagelos ou até mesmo de forma continuada, em larga escala, em países desprovidos de infraestruturas mínimas para a transfusão de sangue.

 

Feito de uma carenagem plástica, que abriga um cartucho, o dispositivo é pouco maior que um porta-cartão.  A “máquina”, que não usa bateria, nem nenhum dispositivo eletrônico, é capaz de revelar o resultado em poucos minutos apenas usando reação imunoquímica. “Basta colocar o sangue do doador e do receptor e em poucos minutos o resultado é revelado”, explica Ramos. “Ele permite, inclusive, a transfusão de sangue quente, em qualquer lugar do planeta”.

 

Em sua apresentação, o pesquisador, que é especialista em hematologia, hemoterapia e patologia clínica, usou a imagem de um avião não tripulado, adotado pela Cruz Vermelha para levar remédios a comunidades isoladas, para demonstrar como o equipamento poderia chegar a equipes médicas com rapidez, graças a sua portabilidade, estabilidade e baixo peso. Em outra imagem, fotos de acidentes de trânsito e pessoas feridas em catástrofes chamaram a atenção da platéia do Business Design, onde o evento foi realizado.

 

“Somente no terremoto do Haiti, 50 mil pessoas morreram de hemorragia. Duzentas mil amputações foram feitas, sem prova de compatibilidade”, salienta. De acordo com ele, o próximo passo é o desenvolvimento de protótipos para a posterior produção em escala dos dois dispositivos. Investidores e empresas de desenvolvimento tecnológico presentes no evento já se manifestaram para custear essa etapa do processo. “Com R$ 300 mil consigo ter o produto pronto para comercialização”, estima. No último Health Pitch Battlefield, foram gerados negócios na ordem de cerca de 117  milhões de libras.

 

>> Saiba mais sobre o prêmio conquistado pelo médico baiano Estácio Ramos na próxima edição da Revista Diagnóstico que circula no mercado neste mês de novembro.



PUBLICIDADE

Mais lidas


    Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 309

    Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/diagnosticoweb/www/noticia-interna.php on line 322

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.